Philip Caputo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Philip Caputo (nascido em 10 de junho de 1941) é escritor, roteirista e jornalista americano, tendo sido laureado com o Prêmio Pulitzer.

Caputo nasceu Westchester, Illinois, e em 1965, como tenente de infantaria da Marinha dos Estados Unidos, ele foi enviado ao Vietnã. Ele retornou ao Estados Unidos em 1966. Após servir três anos na carreira militar, Caputo trabalhou para o Chicago Tribune como jornalista. Caputo retornou para o Vietnã como correspondente estrangeiro para o Chicago Tribune. Ele cobriu a queda de Saigão, em 1975, e atuou na Itália, União Soviética, e Oriente Médio.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Livros de Philip Caputo em inglês:

  • A Rumor of War (1977)
  • Horn of Africa (1980)
  • Delcorso's Gallery (1983)
  • Indian Country (1987)
  • Means of Escape (1991)
  • Equation for Evil (1996)
  • Exiles (1997)
  • The Voyage (1999)
  • Ghosts of Tsavo: stalking the mystery lions of East Africa (2002)
  • Means of Escape: A War Correspondent's Memoir of Life and Death in Afghanistan, the Middle East, and Vietnam (2002)
  • In the Shadows of the Morning: Essays On Wild Lands, Wild Waters, and a Few Untamed People (2004)
  • Acts of Faith (2005)
  • Ten Thousand Days of Thunder: A History of the Vietnam War (2005)
  • 13 Seconds: A Look Back at the Kent State Shootings (2005)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.