Philippe Pinel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Philippe Pinel
Nascimento 20 de abril de 1745
Saint André
Morte 25 de outubro de 1826 (81 anos)
Paris
Nacionalidade França Francês
Ocupação Psiquiatria

Philippe Pinel (Saint André, 20 de abril de 1745Paris, 25 de outubro de 1826) foi um médico francês, considerado por muitos o pai da psiquiatria.

Notabilizou-se por ter considerado que os seres humanos que sofriam de perturbações mentais eram doentes e que ao contrário do que acontecia na época, deviam ser tratados como doentes e não de forma violenta. Foi o primeiro médico a tentar descrever e classificar algumas perturbações mentais.

A obra mais importante escrita por Pinel foi "Traité médico-philosophique sur l’aliénation mentale ou la manie".

Gui Benoit e Georges Daumézon[1] escreveram que Pinel, então responsável pelo serviço de alienados do hospício de Bicêtre (…), desde o começo teve como preocupações fundamentais:

  • distinguir a confusão existente entre os furiosos e os tristes;
  • transformar a atitude brutal e repressiva em uma atitude compreensiva que denominou tratamento moral;
  • introduzir no tratamento princípios que reduzem a importância da lesão anatômica.

Referências

  1. Gui Benoit e Georges Daumézon. In: Masson. "Apport de la Psychanalyse à la sémiologie psychiatrique". [S.l.: s.n.]. p.38 p.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.