Phoenix Suns

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Phoenix Suns
Conferência Oeste
Divisão Pacífico
Fundado 1968 (46 anos)
História Phoenix Suns
(1968-presente)
Arena US Airways Center
Cidade Phoenix
 Arizona
Cores do Time Roxo, Laranja, Branco e Cinza
                   
Proprietário Robert Sarver
Diretor Técnico Steve Kerr
Técnico Jeff Hornacek
Afiliação na D-League Iowa Energy
Campeonatos 0
Títulos de Conferência 2 (1976, 1993)
Títulos de Divisão 6 (1981, 1993, 1995, 2005, 2006, 2007)

Phoenix Suns é uma equipe de basquete da NBA National Basketball Association sediada em Phoenix, Arizona. Sua arena se chama US Airways Center. A equipe foi fundada em 1968 e já foi campeã do antigo McDonald's Open, que foi o campeonato mundial independente de clubes de basquete mas, apesar dessa honra, até hoje não conseguiu ser campeã da NBA. Seu melhor resultado na liga foi o vice-campeonato na temporada 1992/1993, quando perdeu a série final para o Chicago Bulls.

História[editar | editar código-fonte]

A equipa foi fundada em 1968, quando a NBA abriu vagas para franquias de Phoenix e Milwaukee. Já na sua segunda temporada, em 1969-70, alcançava os playoffs. Nos anos 1970, os Suns entraram em boa fase, vencendo a conferência Oeste em 1975-76 após desclassificar os campeões anteriores Golden State Warriors, perdendo para o Boston Celtics mas conseguindo 42 vitórias e 40 derrotas na temporada.

Entre o fim dos anos 70 e início dos 80, os Suns alcançaram 8 playoffs consecutivos dos quais ganharam 6, com duas finais de conferência; então, escândalos envolvendo drogas e uma troca de proprietário levaram a equipe a uma decadência. A sorte começou a mudar em 1988-89, quando alcançou a final de conferência, repetida no ano seguinte, participando seguidamente dos playoffs até 1991-92.

Em 1992, Charles Barkley fora contratado do Philadelphia 76ers e levou o time ao título da conferência, perdendo a final para o Chicago Bulls de Michael Jordan. Barkley ficou no time até 1996, ganhando um título de jogador mais valioso (MVP) e chegando a mais três playoffs. No mesmo ano, Jason Kidd fora trazido do Dallas Mavericks, tornando-se líder da equipe e levando-a a todos os playoffs, até sua saída em 2001.

O Suns, então, entrou em má fase após a saída de Kidd, com presença em apenas um playoff em 2002-03. O time só "ressuscitou" após Steve Nash, que começara na NBA no Suns mas estava nos Dallas Mavericks, resolver voltar ao time em 2004. Nash liderou a formação do Arizona às finais da conferência (perdendo para os campeões San Antonio Spurs) e foi escolhido MVP, com os companheiros Amare Stoudemire e Shawn Marion convocados para o All Star Game e o técnico Mike D'Antoni escolhido como melhor da NBA. No ano seguinte, nova final de conferência (perdida para o Dallas Mavericks) e MVP para Nash. Na temporada 2006-07, os Suns caíram nas semifinais de conferência diante do poderoso San Antonio Spurs, comandados por Tim Duncan e Tony Parker. O brasileiro Leandro Barbosa foi eleito o "Sexto Homem" do ano (título dado ao melhor reserva da temporada).

Em 2007-08, o Suns realizou uma troca, na qual enviou o armador Marcus Banks e o ala-pivô Shawn Marion para o Miami Heat, recebendo em troca um dos 50 melhores jogadores da NBA, o pivô Shaquille O'Neal. Voltaram aos playoffs, caindo na primeira rodada para o Spurs.

No dia 10 de dezembro de 2008, foi confirmada uma troca de jogadores do Phoenix com o Charlotte Bobcats. Raja Bell, Boris Diaw e Sean Stingletary (do Phoenix), foram trocados por Jared Dudley e o astro Jason Richardson. Os Suns não se classificaram para os playoffs por uma diferença ínfima.

Em 2009, após mandar Shaquille O`Neal para o Cleveland Cavaliers e adquirir Channing Frye e Louis Amundson em contratações e Earl Clark e Taylor Griffin no draft, o Suns voltou aos playoffs, e após eliminar o Portland Trail Blazers e o San Antonio Spurs, caiu diante dos Los Angeles Lakers na final do Oeste.

Em 2010, Amare Stoudemire foi para o New York Knicks. Para compensar a perda, contrataram Hedo Türkoğlu (mais tarde trocado junto com Jason Richardson e Earl Clark por Vince Carter, Mickaël Piétrus e Marcin Gorta), Josh Childress, e Hakim Warrick. Apesar disto, não classificaram para a segunda fase.

Elenco Atual[editar | editar código-fonte]

Phoenix Suns
Jogadores Comissão Técnica
Pos. # País Nome Altura Peso Universidade
G 1 Eslovénia Goran Dragić 1 91 m 86 kg Eslovénia
G 2 Estados Unidos Eric Bledsoe (C) 1 85 m 88 kg Kentucky
G 3 Estados Unidos Ish Smith 1 83 m 79 kg Wake Forest
F/C 8 Estados Unidos Channing Frye 2 11 m 111 kg Arizona
F 11 Estados Unidos Markieff Morris 2 08 m 111 kg Kansas
G/F 14 Estados Unidos Gerald Green 2 03 m 95 kg Gulf Shores Academy
F 15 Estados Unidos Marcus Morris 2 06 m 107 kg Kansas
G/F 17 Estados Unidos P. J. Tucker 1 98 m 102 kg Texas
G 20 Estados Unidos Archie Goodwin 1 96 m 90 kg Kentucky
C 21 Ucrânia Alex Len (INJ) 2 16 m 116 kg Maryland
F/C 22 Estados Unidos Miles Plumlee 2 11 m 116 kg Duke
G 25 Estados Unidos Dionte Christmas 1 96 m 93 kg Temple
C 50 Estados Unidos Emeka Okafor (INJ) 2 08 m 116 kg Connecticut
G 10 Brasil Leandro Barbosa 1 91 m 88 kg Brasil
Técnico
Técnicos assistentes

Legenda
  • (C) Capitão
  • (D) Escolhido no Draft
  • (FA) Free agent
  • (IN) Inativo
  • (S) Suspenso
  • (INJ) Contundido

Elenco
• Última atualização: 26-04-2014

Ver também[editar | editar código-fonte]