Picaparra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPicaparra
Heliornis fulica no rio Pixaim, em Mato Grosso do Sul, no Brasil

Heliornis fulica no rio Pixaim, em Mato Grosso do Sul, no Brasil
Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante
Classificação científica
Domínio: Eukariota
Reino: Animalia
Subreino: Metazoa
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Infrafilo: Gnathostomata
Superclasse: Tetrapoda
Classe: Aves
Ordem: Gruiformes
Família: Heliornithidae
Género: Heliornis
Espécie: H. fulica
Nome binomial
Heliornis fulica
(Boddaert, 1783)

A picaparra[1] (Heliornis fulica), também conhecida como ipequi, pequi, marrequinho, mergulhador, mergulhão, patinho-d'água, patinho-de-igapó, pecapara, picapara e pecaparra,[2] é uma ave da família Heliornithidae, ordem Gruiformes, que ocorre no continente americano, chegando a medir até 30 centímetros de comprimento.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Ipequi" e "pequi" procedem do tupi ïpeka'i, "pato pequeno".[3] "Pecapara" e "pecaparra" vêm do tupi ïpeka a'para, "pato de pernas tortas".[4] "Picapara" vem do tupi ïpeka'para, "pato curvo, de pescoço comprido".[5]

Caracterização[editar | editar código-fonte]

A picaparra mede aproximadamente 28 centímetros de comprimento e mede 130 gramas. Apresenta plumagem predominantemente marrom, bico vermelho, pescoço comprido e cauda negra. A coroa e o pescoço são caracteristicamente rajados de preto e branco. Os pés são amarelos e os dedos possuem anéis negros. As fêmeas apresentam as bochechas coradas de canela e as pálpebras de vermelho durante a reprodução.

Alimenta-se de insetos, aranhas, pequenos caranguejos, peixes e plantas aquáticas. Pernoita empoleirado na vegetação, sobre a água. Voa rente à água. Durante o período reprodutivo, esticam o pescoço rente à água e nadam em círculos, com as asas levantadas. A fêmea coloca dois ovos branco-amarelados manchados de castanho e a incubação dura 11 dias. Os filhotes, após o nascimento, são abrigados em uma concavidade existente sob a asa do pai, protegida por penas.

Vive em charcos e pântanos. Encontrada do México à Bolívia e nordeste da Argentina. No Brasil, está presente em toda a Amazônia e em baixadas florestais do leste da Bahia a Santa Catarina.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Picaparra
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Picaparra
Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado no Projeto Aves é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Academia Brasileira de Letras. Disponível em http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=23. Acesso em 12 de janeiro de 2015.
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 967.
  3. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 967.
  4. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 289.
  5. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 325.