Picconia azorica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPau-branco
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Plantae
Filo: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Alphonse de Candolle
Ordem: Lamiales
Família: Oleaceae
Género: Picconia
Espécie: P. azorica
Nome binomial
Picconia azorica
(Tutin) Knobl.

Picconia azorica (Tutin) Knobl., conhecida pelo nome comum de pau-branco, é uma árvore endémica dos Açores, presente actualmente em todas as ilhas, excepto na Graciosa, em meio florestal entre os 50 metros (maioritariamente os 300 metros) e os 600 metros de altitude. Atinge os 8 metros de altura, com folhas lanceoladas a ovaladas (e perenifólia), com flores brancas e frutos de tom azulado escuro, semelhantes aos da oliveira (ambas pertencem à família Oleaceae). A sua madeira é altamente estimada, tradicionalmente, para a construção de diferentes móveis.

Ameaças[editar | editar código-fonte]

Desde que foram colonizadas, as diferentes ilhas açorianas foram aproveitadas, em termos agro-pecuários, por culturas de milho e outros cereais, pastoreio e criação de vacas, o que fez com que a área florestal diminuísse visivelmente. Mais tarde, com a modernidade, vieram as estradas, os campos de golfe e espécies mais vistosas e/ou económicas, como a criptoméria japonesa (Cryptomeria japonica) também conhecida como cedro-do-Japão e a mimosa (Acacia dealbata) que rapidamente se instalaram em muitos dos habitats das ilhas.
Segundo o IUCN, hoje encontra-se em perigo, quase erradicada do arquipélago devido a[1]:

  • Perda ou degradação do habitat - Agricultura
  • Perda ou degradação do habitat - Uso do solo de áreas não-agrícolas
  • Perda ou degradação do habitat - Corte de árvores
  • Espécies invasoras

A espécie encontra-se protegida pela Convenção sobre a Vida Selvagem e os Habitats Naturais na Europa e pela Directiva "Habitats".

Referências[editar | editar código-fonte]

Picconia azorica (muda).
  • Como está na IUCN.
  • Erik Sjögren - Plantas e Flores dos Açores. Edição do autor 2001.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Lamiales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.