Picolé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Icepop-green.jpg

Um picolé (português brasileiro) ou gelado de água (português europeu), é uma variedade de sorvete que consiste de um bloco de suco de fruta solidificado, geralmente na forma retangular ou cilíndrica, possuindo um palito que o atravessa verticalmente e com uma extensão livre, do bloco solidificado, em uma das suas pontas, destinado ao manuseio de degustação.

Origem[editar | editar código-fonte]

Frank Epperson (1894-1983), quando tinha 11 anos e morava em São Francisco, EUA, esqueceu um copo de suco com uma colher no quintal em uma noite muito fria no ano de 1905. Ao acordar o jovem percebeu que o suco havia congelado e estava preso na colher criando uma espécie de gelo com sabor de fruta. Após este evento, somente em 1912 que Epperson apresentou uma receita semelhante ao suco congelado dos seus 11 anos de idade. A formula fez sucesso, que resolveu patentear a receita em 1913 e comercializar a sua invenção. Em 1925 os direitos foram vendidos a uma companhia de Nova Iorque[1] .

O primeiro nome do picolé foi “eppsicle” (de "Epp's Icicle", algo como "gelinho do Epperson"), que depois acabou mudando para "popsicle" ("Pop's Icicle", "gelinho do papai").

Recordes[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2013, o Bloco Picolé de Manga, da cidade de João Pessoa, registrou o recorde nacional de maior picole de fruta, ao fazer um refresco solidificado de 227,1 kg, no sabor de manga. O fato foi registrado e certificado pelo RankBrasil[2] , no evento de comemoração de 20 anos de atividade da agremiação.

Guinness Book[editar | editar código-fonte]

O Guinness Book registra um recorde de uma empresa Holandesa que produziu um picolé de 21 pés (algo correspondente a 6,40 metros de comprimento) em 1997. Em 2005, houve a tentativa de estabelecer novo recorde na cidade de Nova York, produzindo um picolé de 25 metros de altura e 17,5 toneladas de suco congelado, porém, ao levar o produto e tentar levanta-lo, em uma praça da cidade e num dia quente, houve o rápido derretimento e imundou a praça com suco de kiwi e morango. O incidente fez com que o Guinness não registrasse o evento[3] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Quem Inventou o Picolé? – A História da Guloseima criada por Acidente Essas e Outras. Visitado em dezembro de 2014.
  2. Bloco carnavalesco produz o maior picolé do Brasil Plantão News. Visitado em dezembro de 2014.
  3. Disaster on a stick NBC News. Visitado em dezembro de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Picolé