Piemonte Volley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Piemonte Volley
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
Coats of arms of None.svg
Nome fantasia Bre Banca Lannutti Cuneo
Cores branco e azul
Informações da equipe
Cidade Cuneo
País ITA
Liga Itália Serie A
Fundação 1958
Ginásio Palasport di San Rocco Castagnaretta
(Capacidade: 4700)
Presidente Itália Valter Lannutti
Técnico Itália Roberto Piazza
Material esportivo Japão Asics
Patrocinadores Itália Banca Regionale Europea
Itália Lannutti
Resultados
A1 2012/2013
Títulos conquistados EuropeContour coloured.svg Copa CEV (3 vezes)
EuropeContour coloured.svg Challenge Cup (2 vezes)
EuropeContour coloured.svg Supercopa Europeia (2 vezes)
Scudetto.svg Campeonato Italiano (1 vez)
Coccarda Coppa Italia.svg Copa Itália (5 vezes)
Itália Supercopa Italiana (4 vezes)
Uniformes
Kit left arm.png Kit body whitebow.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Mandante
Kit left arm whiteborder.png Kit body whitebow.png Kit right arm whiteborder.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Visitante
Kit left arm.png Kit body unknown.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Líbero
Página oficial da equipe

O Piemonte Volley, também conhecido como Bre Banca Lannutti Cuneo, é um time italiano de voleibol masculino da cidade de Cuneo, Piemonte. Atualmente disputa o Campeonato Italiano de Voleibol Masculino.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Resultados obtidos nas principais competições[editar | editar código-fonte]

Cronologia recente do Piemonte Volley
  • 1984-85: Como Salumi Campagnolo Cuneo, 3º lugar no grupo P da Série C1.
  • 1985-86: Renomeado como Autofontana Cuneo. Acesso à Série B.
  • 1986-87: 5º lugar no grupo N da Série B.
  • 1987-88: Renomeado como Alpitour Cuneo. 3º lugar no grupo A da Série B. Acesso à Série A2 após desistência do CUS Torino de permanecer na Série A1 e consequente ascensão do Opel Agrigento.
  • 1988-89: 1º lugar no grupo A da Série A2. Acesso à Série A1 e eliminação nas oitavas-de-final.
  • 1989-90: 9º lugar na Série A1.
  • 1990-91: 7º lugar na Série A1 (eliminado nas quartas-de-final).
  • 1991-92: 11º lugar na Série A1.
  • 1992-93: Renomeado como Alpitour Diesel Cuneo. 7º lugar na Série A1 (eliminado nas quartas-de-final).
  • 1993-94: 7º lugar na Série A1 (eliminado nas quartas-de-final).
  • 1994-95: Renomeado como Alpitour Traco Cuneo. 3º lugar na Série A1 (eliminado na semifinal contra o Modena, 2-1 na série).
  • 1995-96: Vice-campeão italiano (final contra o Treviso). Campeão da Copa Itália (final contra o Treviso, 3-2, 1º título). Campeão da Copa CEV (atual Challenge Cup; final contra o Ravenna Volley, 1º título).
  • 1996-97: 3º lugar na Série A1 (eliminado na semifinal contra o Treviso, 3-1 na série). Vice-campeão da Copa Itália (final contra o Modena, 3-0). Campeão da Supercopa Italiana (contra o Treviso, 3-1, 1º título). Campeão da CEV Cup Winners' Cup (atual Copa CEV; final contra o Olympiakos, 1º título). Campeão da Supercopa Europeia (final contra o ASV Dachau, 3-0, 1º título).
  • 1997-98: Vice-campeão italiano (final contra o Treviso, 3-0 na série). Vice-campeão da Copa Itália (final contra o Modena, 3-0). Campeão da CEV Cup Winners' Cup (atual Copa CEV; final contra o Olympiakos, 2º título). Campeão da Supercopa Europeia (final contra o Modena, 2º título).
  • 1998-99: Renomeado como TNT Alpitour Cuneo. 3º lugar na Série A1 (eliminado nas semifinais em pontos corridos). Campeão da Copa Itália (final contra o Treviso, 3-0, 2º título). Vice-campeão da CEV Cup Winners' Cup (atual Copa CEV; final contra a AS Cannes, 3-2).
  • 1999-00: 4º lugar na Série A1 (eliminado nas semifinais em pontos corridos). Campeão da Supercopa Italiana (contra o Treviso, 3-1, 2º título). Vice-campeão da CEV Cup Winners' Cup (atual Copa CEV; final contra o Paris Volley, 3-1).
  • 2000-01: Renomeado como Noicom Alpitour Cuneo. 3º lugar na Série A1 (eliminado na semifinal pelo Milano, 3-1 na série).
  • 2001-02: Renomeado como Noicom BreBanca Cuneo. 6º lugar na Série A1 (eliminado nas quartas-de-final pelo Parma, 3-0 na série). Campeão da Copa Itália (final contra o Parma, 3-0, 3º título). Campeão da Copa CEV (atual Challenge Cup; final contra o Lokomotiv Belgorod, 2º título).
  • 2002-03: 8º lugar na Série A1 (eliminado nas quartas-de-final pelo Treviso, 3-0 na série). Campeão da Supercopa Italiana (contra o Modena, 3-0, 3º título).
  • 2003-04: 8º lugar na Série A1 (eliminado nas quartas-de-final pelo Macerata, 3-2 na série).
  • 2004-05: Renomeado como Bre Banca Lannutti Cuneo. 9º lugar na Série A1.
  • 2005-06: 3º lugar na Série A1 (eliminado na semifinal pelo Macerata, 3-2 na série). Campeão da Copa Itália (final contra o Piacenza, 3-1, 4º título).
  • 2006-07: 3º lugar na Série A1 (eliminado na semifinal pelo Piacenza, 3-1 na série).
  • 2007-08: 3º lugar na Série A1 (eliminado na semifinal pelo Piacenza, 2-1 na série).
  • 2008-09: 4º lugar na Série A1 (eliminado na semifinal pelo Trentino, 3-0 na série). 3º lugar na Copa CEV (decisão de terceiro lugar contra o Almeria, 3-1).
  • 2009-10: Campeão italiano (final contra o Trentino, 3-1, 1º título). Campeão da Copa CEV (final contra o Iskra Odintsovo, 3-1, 3º título).
  • 2010-11: Vice-campeão italiano (final contra o Trentino, 3-0). Campeão da Copa Itália (final contra o Trentino, 3-0, 5º título). Campeão da Supercopa Italiana (contra o Trentino, 3-0, 4º título).
  • 2011-12: 3º lugar na Série A1 (eliminado na semifinal pelo Macerata, 2-1 na série). Vice-campeão da Supercopa Italiana (contra o Trentino, 3-1).
  • 2012-13: 4º lugar na Série A1 (eliminado na semifinal pelo Trentino, 2-0 na série). Eliminado na primeira fase da Copa Itália (contra o Vibo Valentia, 3-0). Vice-campeão europeu (final contra o Lokomotiv Novosibirsk, 3-2).

Títulos conquistados[editar | editar código-fonte]

Shield of the European Union.svg Liga dos Campeões

  • Vice-campeão: 2012-13

EuropeContour coloured.svg Copa CEV

  • Campeão: 1996-97, 1997-98 e 2009-10
  • Vice-campeão: 1998-99 e 1999-00
  • Terceiro lugar: 2008-09

EuropeContour coloured.svg Challenge Cup

  • Campeão: 1995-96 e 2001-02

EuropeContour coloured.svg Supercopa Europeia

  • Campeão: 1996 e 1997

Scudetto.svg Campeonato Italiano

  • Campeão: 2009-10
  • Vice-campeão: 1995-96, 1997-98 e 2010-11
  • Terceiro lugar: 1994-95, 1996-97, 1998-99, 2000-01, 2005-06, 2006-07, 2007-08 e 2011-12

Coccarda Coppa Italia.svg Copa Itália

  • Campeão: 1995-96, 1998-99, 2001-02, 2005-06 e 2010-11
  • Vice-campeão: 1996-97, 1997-98, 2003-04, 2008-09 e 2009-10

Itália Supercopa Italiana

  • Campeão: 1996, 1999, 2002 e 2010
  • Vice-campeão: 1997, 2004, 2006 e 2011

Elenco[editar | editar código-fonte]

Integrantes do Bre Banca Lannutti Cuneo para a disputa da Serie A1 2012/2013: [1]

# Nome Apelido Nascimento Altura (cm) Peso (kg) Nacionalidade Posição
1 Luigi Mastrangelo Mastrangelo 17 de agosto de 1975 202 xx  Itália Central
2 Oleg Antonov Antonov 28 de julho de 1988 198 xx  Rússia Oposto
3 Andrea Marchisio Marchisio 06 de janeiro de 1990 186 xx  Itália Líbero
4 Earvin N'Gapeth Ngapeth 12 de fevereiro de 1991 192 xx  França Ponta
5 Daniele de Pandis De Pandis 30 de junho de 1984 184 xx  Itália Líbero
6 Andrea Galliani Galliani 06 de janeiro de 1988 202 xx  Itália Ponta
7 Wout Wijsmans Wijsmans 17 de julho de 1977 201 xx  Bélgica Ponta
8 Emanuel Kohut Kohut 21 de julho de 1982 205 xx  Eslováquia Central
9 Nikola Grbic Grbic 06 de setembro de 1973 195 xx  Sérvia Levantador
10 Dore Della Lunga Della Lunga 25 de julho de 1984 194 xx  Itália Ponta
11 Tsvetan Sokolov Sokolov 31 de dezembro de 1989 205 xx  Bulgária Oposto
12 Nimir Adbelaziz Abdelaziz 05 de fevereiro de 1992 201 xx  Países Baixos Levantador
13 Andrea Rossi Rossi 14 de fevereiro de 1989 202 xx  Itália Central

Referências

  1. Lega Pallavolo Serie A. Legavolley - Squadra: Bre Banca Lannutti Cuneo (em italiano). Visitado em 26 de janeiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]