Pietro Germi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pietro Germi
Nascimento 14 de setembro de 1914
Itália Gênova, Liguria, Itália
Morte 5 de dezembro de 1974
Itália Roma, Itália
Principais trabalhos Cinema:
Prêmios Cinema:

Óscar de Melhor Roteiro Original

Golden Globe de Melhor Filme

Pietro Germi (14 de setembro de 1914 na região da Liguria, Itália - 5 de dezembro de 1974 em Roma, Itália). Foi um diretor de cinema italiano.

Pietro Germi nasceu na cidade Gênova na Liguria, de uma família de classe média, trabalhou um período como mensageiro e cursou por um breve período a escola naval, depois disso decidiu tentar a carreira como ator.

Estudou teatro e direção em Roma no Centro Sperimentale di Cinematografia. Durante o tempo de escola, sustentava a si mesmo com trabalhos extras de ator, assistente de direção e ocasionalmente escritor/roteirista. O debû como diretor ocorreu em 1945 com o filme Il testimone. Como seu primeiro trabalho, este filme inclui o estilo neorrealista do cinema italiano, onde pode-se ver os dramas sociais contemporâneos da sociedade siciliana da época.

Passado alguns anos, o diretor migrou dos filmes de drama para as comédias satíricas, mantendo o seu elemento tradicional que era a sociedade da Sicília. Nos anos 60, Pietro Germi atingiu o sucesso internacional com o filme Divórcio à Italiana, de 1961, premiado com o Oscar de melhor roteiro original em 1962, além da indicação para o prêmio Oscar de melhor diretor. Em 1963 lançou o filme Seduzida e Abandonada e em 1965 novamente fez muito sucesso com o filme Senhoras e Senhores, com o qual foi premido no Festival de Cannes como melhor filme.

Como diretor, normalmente colaborava nos roteiros dos filmes que dirigia, também ocasionalmente fazia participação como ator em alguns deles.

Em 1972 quando concluiu o filme Alfredo, Alfredo estrelado por Dustin Hoffman, começou o trabalho no projeto do filme Amici miei, que teve que ceder ao amigo Mario Monicelli pois estava sofrendo de cirrose hepática. Pietro Germi morreu vítima de hepatite em uma clínica de Roma, em 5 de dezembro de 1974. O filme Amice miei lançado em 1975 foi dedicado à sua memória.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Trabalhou como diretor de cinema durante 28 anos, nos quais dirigiu 19 filmes, também atuou como ator em quase 10 filmes.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]