Pillar (banda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pillar
File:Pillar2009title.jpg
Informação geral
Origem Tulsa, Oklahoma
País  Estados Unidos
Gênero(s) Metal alternativo
Post-grunge
Hard rock
Nu metal
Período em atividade 1998 - atualmente
Gravadora(s) Flicker Records
Página oficial www.pillarmusic.com
Integrantes Rob Beckley
Noah Henson
Rich Gilliland
Taylor Carroll
Ex-integrantes Michael Wittig "Kalel"
Lester Estelle Jr
Brad Noone
Travis Jenkins
Dustin Adams

Pillar é uma banda de new metal cristã. A banda teve origem em 1998 com a missão de transmitir uma mensagem do Cristianismo em sua cidade natal Hayes, Kansas. Pillar como significado de "Coluna", foi recebido de braços abertos pelas pessoas de uma igreja, com um som agressivo e letras espirituais.

História[editar | editar código-fonte]

Formação e os álbuns independentes[editar | editar código-fonte]

Pillar começou em Hayes, Kansas em 1998, quando os companheiros de quarto da Universidade Fort Hays State Brad Noone e Rob Beckley tinham em comum os amigos Travis Jenkins, Dustin Adams, e Michael Wittig, este último conhecido como Kalel.[1] Em 1999, a banda lançou o primeiro álbum, Metamorphosis, através da sua própria gravadora independente Shadrach Records. Após algumas apresentações no Kansas, lançaram o seu segundo álbum de estúdio, Original Superman, em 2000. Nesta altura, mudam-se para Tulsa, em Oklahoma com o objetivo de alcançar um maior número de fãs.

Flicker Records e Above[editar | editar código-fonte]

Pouco depois do lançamento do segundo álbum, a banda foi mencionada pela gravadora Flicker Records, com que assinaram contrato em meados de 2000.[2] Após a assinatura, a banda retirou algumas das faixas do disco Original Superman,bem como algumas das novas faixas do novo álbum de estúdio, Above, que se tornaria no primeiro grande lançamento da gravadora.[1] O disco teve um relativo sucesso, tendo vendido cerca de 60 mil cópias.[3] A faixa "Open Your Eyes" ganhou um Dove Award em 2001 para a categoria Hard Music Song of the Year.

Fireproof[editar | editar código-fonte]

Em 2002, Noah Henson ficou encarregue da guitarra, e a banda lançou um novo disco, Fireproof. O álbum vendeu mais de 300 mil cópias e lançou a banda para uma tormé nacional pelos Estados Unidos. O disco ganhou também dois Dove Awards.[2] Anos mais tarde a banda voltou ao estúdio com o disco Fireproof, tendo trabalhado nele para um som mais rico, incluíram-no um DVD bónus, tendo inserido no mercado duas versões do mesmo álbum. Pouco depois o baterista Lester Estelle, Jr. juntou-se à banda.[4]

Where Do We Go from Here[editar | editar código-fonte]

Em 2004, Pillar lançam o seu novo álbum Where Do We Go from Here. Tornou-se um álbum de referência entre os fãs do rock cristão. O disco incluía vários êxitos, entre eles "Bring Me Down", e "Frontline" que estiveram nos tops durante meses.

Nothing Comes for Free e The Reckoning[editar | editar código-fonte]

A banda lançou um EP chamado Nothing Comes for Free em Junho de 2006. Incluía três faixas novas. Entre elas "Everything" e quatro faixas gravadas ao vivo. As outras dua faixas "Our Escape" e "Danguerous", não estiveram no álbum seguinte The Reckoning. O EP esteve apenas disponível nos seus concertos e na sua loja virtual, apenas 10 mil cópias foram disponibilizadas. No início de 2006, a banda estava de regresso ao estúdio para gravar o seu novo disco. Travis Wyrick produziu o novo álbum, bem como todos os seus anteriores; foi lançado a 3 de Outubro de 2006. Pelo lançamento deste álbum a banda foi em torné para promover este disco, chamando-a de "The Days of the Reckoning Tour", tendo sido realizada de Outubro a Novembro do mesmo ano. Igualmente outras bandas cristãs estiveram na torne, tais como Day of Fire, The Showdown, e Decyfer Down. O disco recebeu uma nomeação para os Grammy Awards em 6 de Dezembro de 2006, na categoria Best Rock or Rap Gospel Album. Esta foi a primeira nomeação Grammy que a banda recebeu.[5]

For the Love of the Game até presente[editar | editar código-fonte]

Em Fevereiro de 2008 a banda lança For the Love of the Game. Um dos regressos às origens é o do seu logótipo que volta ao inicialmente feito, bem conhecidos dos fãs da banda. Atualmente a banda anda em turnê a promover o seu último disco.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Membros atuais[editar | editar código-fonte]

Ex-membros[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Outros[editar | editar código-fonte]

  • Fireproof: Special Edition (2003)
  • Where Do We Go From Here: Special Edition (2005)

EPs[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Faixa Álbum
2000 "Open Your Eyes" Above
2002 "Fireproof" Fireproof
2002 "Further from Myself" Fireproof
2004 "Bring Me Down" Where Do We Go from Here
2004 "Frontline" Where Do We Go from Here
2006 "Everything" The Reckoning
2006 "When Tomorrow Comes" The Reckoning
2008 "For the Love of the Game" For the Love of the Game

Referências

  1. a b Pillar Rhythmstx Magazine. Visitado em 2008-05-15.
  2. a b Pillar Biography Sing365.com. Visitado em 2008-05-15.
  3. Pillar allmusic.com. Visitado em 2008-05-15.
  4. Biography LesterDrums.com. Visitado em 2008-05-15.
  5. 50th Annual Grammy Awards Nominations List The Recording Academy (2007-12-06). Visitado em 2007-12-07.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of the United States.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical dos Estados Unidos, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.