Pimentas (distrito de Guarulhos)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde janeiro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
O nome do distrito se deve ao fato de que os índios cultivavam plantações de pimentas nesta região.

Pimentas é um distrito da Região Leste da Grande São Paulo, pertencente ao município de Guarulhos.


O Pimentas é localizado na região leste do município de Guarulhos, ocupando uma área de aproximadamente 14,83 km², segundo a Secretária de Desenvolvimento Urbano. Segundo o censo de 2000, o bairro contava com cerca de 134 mil habitantes,tendo esse número se elevado para 156.748 no censo de 2010, sendo o mais populoso de Guarulhos.1 Limita-se com Itaquaquecetuba (leste), São Miguel Paulista e Jardim Helena (sul e sudeste), Cumbica (oeste) e Bonsucesso (norte). Por ser cortado pelas Rodovias Presidente Dutra (norte) e Ayrton Senna (sul), a região tem se tornado um grande alvo de interesse de empresas de diversos setores, bem como de empreendimentos imobiliários.

Portal Pimentas[editar | editar código-fonte]

O portal pimentas é o primeiro projeto web (www.portalpimentas.com.br) a ser desenvolvido para o bairro dos pimentas por um pequena startup, com o foco de transmitir notícia de modo diferenciado para a comunidade.

História[editar | editar código-fonte]

Muito pouco se sabe sobre a história da origem do bairro. Alguns historiadores locais apontam que o bairro se originou de um pequeno povoamento ao longo da estrada de ligava o Aldeamento de São Miguel (atual São Miguel Paulista) ao povoamento de Bonsucesso. Atualmente esta estrada é denominada Estrada Presidente Juscelino Kubstchek de Oliveira. No livro Cronologia Guarulhense (escrito por João Ranali) a primeira citação sobre o bairro é datada do início do século XIX, sendo que a região era denominada Aldeamento de São Miguel.

Origem do nome[editar | editar código-fonte]

A origem do nome do bairro também é incerta: a versão mais aceita e de que os índios que habitavam a região no período de colonização cultivavam pimentas, o que originou o nome do local. Existe outra vertente que defende que o nome veio do nome de uma grande propriedade rural localizada na região. E ainda uma terceira corrente afirma que Pimenta era o sobrenome de uma família de fazendeiros da região.

Século XX[editar | editar código-fonte]

O bairro começou a ser ocupado de forma intensa em meados do Século XX, causado pelo intenso fluxo migratório ocorrido no Brasil (em especial a Migração nordestina). Muitos operários, com poucas condições de se fixarem nas regiões centrais de Guarulhos, acabaram se dirigindo para o leste e norte do município. A região do bairro dos Pimentas, por ser cortada por inúmeros rios e córregos e pelo Rio Tietê, desenvolveu intensa atividade oleira. Inúmeras Olarias e portos de areia eram encontrados na região nas décadas de 1950, 1960 e 1970. Neste período, a política e o desenvolvimento econômico e social de Guarulhos estavam intimamente ligados ao da capital paulista. Neste cenário, o crescimento e desenvolvimento do bairro ficaram atrelados ao de São Miguel Paulista. Durante décadas, a população da região dependia visceralmente do comércio e serviços do referido bairro da Zona Leste. Cabe ressaltar que a distancia entre a região dos Pimentas e São Miguel Paulista é bem menor do que ao Centro de Guarulhos. Essa ligação perdeu muita força com o passar dos anos, mas tal dependência ainda é percebida, principalmente entre os moradores mais antigos da região. Entre as décadas de 1980 e 2000, os problemas gerados pela ocupação desordenada da região chegaram a pontos críticos. Por não haver uma preocupação com os assentamentos à época, o bairro desenvolveu um grande número de locais com habitações irregulares, sem infra-estrutura adequada, o que levou a favelização da região. Tal problema está sendo combatido, ao passo que os governos (municipal, estadual e federal) estão direcionando investimentos, a fim de contemplar a construção de moradias populares na região.

Investimentos[editar | editar código-fonte]

Nos últimos dez anos, o bairro vem recebendo inúmeros investimentos públicos e também da iniciativa privada, tanto que atualmente,o bairro e distrito ganhou status de região da cidade, sendo que vários distritos como Aracilia, Água Chata e Itaim que já possuiam laços históricos com o Pimentas, são entendidos como partes integrantes desta região. Entende-se que, a inauguração do Hospital Municipal Pimentas-Bonsucesso e do Shopping Bonsucesso (que apesar de possuir este nome, pertence a região do Pimentas), deu início ao " nascimento dos setores comercial e de serviços" na região. Atualmente, o bairro é considerado pela Lei de Zoneamento Urbano de Guarulhos, como um dos sete subcentros do município.

Bairros e divisões[editar | editar código-fonte]

O Pimentas é classificado como bairro, distrito e região administrativa (Região 4), segundo divisão da Prefeitura Municipal de Guarulhos. A região possuí mais de sessenta bairros menores em seu interior, sendo os mais destacados:

Principais avenidas[editar | editar código-fonte]

A região também e a que mais possuí vias no município. Dentre as principais podemos citar as seguintes:

  • Estrada Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira - A principal avenida da região. Ela corta o bairro de ponta a ponta, iniciando-se na divisa do Pimentas com o distrito paulistano do Jardim Helena e terminando na rodovia Presidente Dutra (no chamado Trevo de Bonsucesso). Por ser considerada uma das maiores avenidas de Guarulhos em extensão, a mesma agrupa grande parte dos principais estabelecimentos comerciais, industrias e prestadoras de serviço da região. Esta via também é um grande corredor de ônibus e automóveis e recebe grande fluxo de pessoas nos horários de pico e aos fins de semana;
  • Avenida Jurema - Uma travessa da Estrada Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, iniciando-se nesta via e terminando na rua Jacutinga. Esta avenida corta os bairros do Parque Jurema e Parque Estela, tendo nos últimos anos recebido um grande número de comércios e prestadoras de serviço;
  • Estrada do Sacramento - esta via corta os bairros do Jardim Tupinambá, Marcos Freire e Jardim Maria Alice. Na região do conjunto Marcos Freire, o comércio se faz intenso, e a aglomeração de pessoas se faz presente na região onde estão instalados quiosques comerciais;
  • Avenida José Miguel Ackel - Grande via que se inicia na Estrada Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira e termina no bairro da Vila Paraíso. O comércio se faz intenso na região que compreende o bairro do Parque Centenário até o bairro da Vila Isabel;
  • Estrada de Água Chata - Via de forma circular, que começa e termina na Estrada Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira (Parque Jandaia/Trevo do Bonsucesso). Esta avenida é uma via muito antiga da região, servindo de ligação entre São Miguel e Itaquaquecetuba. Ela passa por diversas regiões distintas cruzando os limites do município de Guarulhos várias vezes;

Outras vias importantes são a Estrada do Itaim (região da Vila Any) liga ao bairro Itaim Paulista na capital, Rua Centenário (Parque Centenário) e Estrada Velha Pimentas-São Miguel (Jardim Arapongas) liga a Cidade Jardim Cumbica a Nitro Química em São Miguel Paulista já na capital.

Parques e praças[editar | editar código-fonte]

Considerando seu desenvolvimento, a região não conta com muitos parques e praças. Dentre as existentes, a principal área verde da Região é o Parque Escola Chico Mendes, localizado no bairro da Vila Isabel. Dentre as praças, vale citar a Praça Prefeito Felício Antônio Alves (Praça do Pimentas), Praça Eduardo Tadeu Mudalen (Parque Estela) e Praça da Estrada do Sacramento (Marcos Freire).

Indústrias[editar | editar código-fonte]

Apesar do bairro não possuir perfil industrial, o Pimentas conta com empresas tradicionais na região, como a INAPEL, MOPA e Stiefel. Os maiores aglomerados industriais do distrito localizam-se às margens da Rodovia Ayrton Senna em ambos os sentidos, bem como nos bairros Jardim Santo Afonso e Jardim Arapongas, ambos na divisa com o distrito de Cumbica. Quando ampliamos para a Regional (4) do Pimentas, temos que enaltecer as regiões industriais do Parque Brasília, Jardim Aracília, Água Chata e Centro Industrial (Av. Amâncio Gaiolli).

Equipamentos Públicos[editar | editar código-fonte]

O bairro tem recebido instalações de equipamentos públicos. Dentre eles cabe destacar o Posto do INSS (Estrada Presidente Juscelino Kubstchek de Oliveira),CIC - Centro de Integração de Cidadania (Marcos Freire), CIET - Centro Integrado de Emprego, Trabalho e Renda (Parque São Miguel), duas agências do Fácil (Parque Jurema e Marcos Freire) e duas agências dos Correios (Pimentas e Jurema). O bairro também conta com uma unidade do Conselho Tutelar (Jardim Arujá), Secretaria de Saúde (Parque Jurema), Procon (Marcos Freire) e Sede da Regional 4 (Jardim Albertina). Também estão instalados no bairro o 4º Distrito Policial de Guarulhos (Parque Alvorada) e 31º Posto da Polícia Militar.

Educação e cultura[editar | editar código-fonte]

O bairro possui cerca de 80 instituições de ensino (municipais, creches, estaduais e particulares), além do Campus de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo (primeira e única universidade pública da Região do Alto Tietê). A região também conta com o Teatro Adamastor Pimentas e com três unidades do CEU (Centro Unificado de Educação), uma no Jardim Nova Cidade outro na Vila Paraíso.Existe projeto aprovado da Prefeitura relativo a construção do quarto CEU da região, que se localizará no bairro da Vila Any.

Transporte público[editar | editar código-fonte]

A região conta com diversas linhas de ônibus e lotações, totalizando quarenta e uma linhas que se originam no distrito. Estas fazem a ligação entre as localidades do Pimentas e Guarulhos, bem como a ligação com diversos pontos da Zona Leste e do município de Arujá . Atualmente, a região do Pimentas conta com um terminal de ônibus que visa a integração dos bairros.

Comércio e serviços[editar | editar código-fonte]

O bairro e região tem ganhado destaque para o florescente crescimento do comércio e de prestadores de serviço. Cabe destacar o Shopping do Bonsucesso, inaugurado em 2006, conta com 146 lojas e ocupa uma érea de quase 60 mil m², sendo o segundo maior centro de compras do município de Guarulhos. A região também conta com 4 agências bancárias (Banco Itaú, Bradesco, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil). Em relação aos supermercados e atacadistas, a região conta com duas unidades do supermercado Nagumo (Pimentas e Jurema), duas unidades do supermercado X (Água Chata e Marcos Freire), SETA Atacadista (Jardim Angélica) e Tenda Atacadista (Shopping Bonsucesso), além da unidade do CEAG (Central de Abastecimento de Guarulhos), semelhante ao CEAGESP.

Cabe ressaltar a área comercial que se origina na esquina das avenidas Jurema e Juscelino Kubitschek de Oliveira. Essa área é considerada pela Lei de Zoneamento como sendo um dos sete sub-centros do município.

"BOOM" imobiliário[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a região do Pimentas tem recebido um grande número de unidades habitacionais. As regiões próximas á Estrada Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira são as que mais recebem novos empreendimento imobiliários.


Infra-estrutura incipiente[editar | editar código-fonte]

O Pimentas é uma das regiões que mais crescem na Grande São Paulo. Entretanto, observa-se que pouco é feito por parte do poder público no que se refere a infra-estrutura da região, principalmente no tocante ao trânsito. Com a instalação de inúmeros equipamentos públicos, estabelecimentos comerciais e prestadoras de serviço e principalmente de condomínios e unidades habitacionais, considera-se que o trânsito de veículos na região se intensificará. Entretanto, nenhuma ação por parte do poder municipal é realizada. As vias da região são estreitas e a principal avenida, a Estrada Presidente Juscelino Kubstchek de Oliveira, possui mão dupla, o que gera congestionamentos nos horários de pico. Outro grave problema relacionado ao trânsito está ligado ao trevo do Bonsucesso, que possibilita o acesso a Rodovia Presidente Dutra. Em relação a segurança pública, o bairro também sofre precariedade. A região conta com apenas um distrito policia (4º DP, localizado no Parque Alvorada) e nenhuma base comunitária móvel, Posto da Polícia Civil ou Base da GCM.

Referências[editar | editar código-fonte]

http://webgeo.guarulhos.sp.gov.br/webgeo/index.php#

http://www.guarulhos.sp.gov.br/

http://www.emtu.sp.gov.br/EMTU/home.fss

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Página do distrito de Pimentas

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Guarulhos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.