Pintura do futurismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A pintura do futurismo, assim como os seus representantes, saúda a era moderna. Para os futuristas, os objectos não se esgotam no contorno aparente e os seus aspectos interpenetram-se continuamente a um só tempo. Procura-se neste estilo expressar o movimento real, registando a velocidade descrita pelas figuras em movimento no espaço. O artista futurista não está interessado em pintar um automóvel, mas captar a forma plástica a velocidade descrita por ele no espaço.

Seus principais representantes foram os pintores e escultores italianos G.Balla, Umberto Boccioni, Carlo Carrá e Luigi Russolo, que lançaram um manifesto no teatro Chiasella em Turim, em 8 de março de 1910.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Pintura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.