Pintura sobre painel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pintura sobre madeira, exemplar da tradição dos retratos de Fayum, século II d.C.

Pintura sobre painel é a denominação para a pintura artística realizada sobre um painel rígido e plano de madeira ou metal. O suporte pode consistir numa peça única ou em vários painéis unidos. Até à tela se ter tornado o suporte mais popular em finais do século XVI, o painel de madeira era o suporte padrão para qualquer pintura que não fosse realizada em paredes (fresco) ou papel velino, usado para iluminuras.[1]

Entre as madeiras mais utilizadas estão a faia, o cedro, a nogueira, o abeto, tilia, álamo, mogno, oliveira e teca. Os painéis de madeira eram geralmente fervidos ou tratados com vapor de modo a remover impurezas e resinas, sendo depois revestidos com um material aglutinante de modo a preencher os poros e com gesso, sobre o qual era executada a pintura. Entre os metais usados como suporte estão o cobre, a prata, estanho, chumbo e zinco.[1]

Referências

  1. a b Enciclopédia Britannica. Panel painting. Página visitada em 23 de outubro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons