Piper Malibu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Setembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.



Piper Malibu
New Zealand PW-51.svg
Piper Malibú - Aeronave robusta e econômica
Descrição
Tipo Monomotor a pistão
Fabricante New Piper Aircraft
Primeiro voo 1979
Capacidade de
passageiros
5 ou 6 passageiros
Dimensões
Comprimento Aprox. 9 metros
Envergadura Aprox. 13 metros
Altura Aprox. 3,4 metros


O Piper Malibu é uma robusta aeronave monomotor a pistão, com turbocompressor, desenvolvida e fabricada em larga escala nos Estados Unidos desde a década de 1980 pela então Piper Aircraft, atualmente New Piper Aircraft, com capacidade para transportar um piloto e cinco ou seis passageiros em viagens intermunicipais e interestaduais.[1] [2]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Na década de 1980, o objetivo da Piper era inaugurar uma nova categoria de aeronaves leves de operação relativamente simples e barata, porém com alguns diferenciais de conforto para esta classe de aviões, começando pela porta lateral de acesso com escada embutida e pelo corredor central na cabine de passageiros.[3]

Atualmente, o Piper Malibu a pistão (conhecido também como Piper PA-46) é fabricado em duas versões, a versão Mirage é pressurizada e a versão Matrix não tem pressurização, mas são aeronaves bem parecidas.

O projeto totalmente original das asas e fuselagem do Malibu, com a construção convencional em alumínio e ligas metálicas e trem de pouso com amortecedores de longo curso, foi certificado pelas autoridades aeronáuticas americanas na década de 1980.[4]

Inicialmente impulsionado pelo motor Continental Turbo, de 310 hp, combinado com hélice de duas pás, o projeto foi submetido a rigosos testes de robustez estrutural comparáveis aos testes de voo e de laboratório que o fabricante estadunidense Beechcraft realizou no seu famoso Bonanza, na década de 1960.

Em toda a história da aviação, o Piper Malibu foi o primeiro avião monomotor a pistão que integrou com sucesso uma grande quantidade de itens de navegação, segurança e conforto, incluindo radar meteorológico colorido (coisa rara em monomotores a pistão), GPS, pressurização combinada com ar-condicionado e TCAS (Traffic Collision Avoidance System).

Posteriormente, a Piper disponibilizou no Malibú o sistema de navegação EFIS (Electronic Flight Instrument System), com as telas PFD (tela primária) e MFD (tela multifuncional).

A partir da década de 1990, o Malibu passou a ser oferecido na versão Mirage, de motorização Lycoming Turbo de 350 hp, combinada com hélice Hartzell de três pás, com mais potência para chegar até sua altitude típica de velocidade de cruzeiro alguns minutos antes da versão anterior, sem complicações de superaquecimento.

Mercado[editar | editar código-fonte]

Mais de 1.000 unidades de Piper Malibú (incluindo as versões Mirage e Matrix) já foram vendidas no mundo inteiro, principalmente nos Estados Unidos e na Europa.

Pela capacidade de pousar e decolar em pistas de pouso sem pavimentação, é usado por agropecuaristas como o meio de transporte para visitas às suas fazendas e também por empresários e executivos para visitas às filiais de empresas, fornecedores e revendedores.

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

Piper Malibú Mirage[editar | editar código-fonte]

  • Pista de pouso: Aprox. 900 metros (lotado / dias quentes / tanques cheios);
  • Teto de serviço: Aprox. 7.500 metros;
  • Consumo médio (AVGAS): Aprox. 85 litros / hora (lotado / 75% potência);
  • Consumo médio (AVGAS): Aprox. 0,04 litro / passageiro / km voado;
  • Alcance: Aprox. 1.850 quilômetros (lotado / 75% potência / com reservas)
  • Velocidade de cruzeiro: Aprox. 385 km / h;
  • Comprimento: Aprox. 9 metros;
  • Peso máximo decolagem: Aprox. 1.690 kg;
  • Capacidade: 5 ou 6 passageiros;
  • Preço: Aprox. US$ 485 mil (usado / bom estado de conservação);

Piper Malibú Matrix[editar | editar código-fonte]

  • Pista de pouso: Aprox. 1.000 metros (lotado / dias quentes / tanques cheios);
  • Teto de serviço: Aprox. 5.000 metros;
  • Alcance: Aprox. 1.850 quilômetros (lotado / 75% potência / com reservas);
  • Velocidade de cruzeiro: Aprox. 350 km / h;
  • Comprimento: Aprox. 9 metros;
  • Capacidade: 5 ou 6 passageiros;

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]