Pipeta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Trechos sem fontes poderão ser removidos.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.
Micropipeta manual.
Pipeta de vidro.
Química A Wikipédia possui o:
Portal de Química

Pipeta é o nome de um instrumento de medição e transferência rigorosa de volumes líquidos.

As pipetas classificadas como graduadas possuem uma escala para medir volumes variáveis; as volumétricas possuem apenas um traço final, para indicar um volume fixo e final, sendo suas medições mais rigorosas.

Para sua utilização é necessário uma pró-pipeta ou pompete, um pipet-aid ou um macro-filler. Estes podem ser colocados na ponta superior da pipeta, produzindo um abaixamento da pressão de seu interior e provocando a aspiração do líquido de tal forma a preencher a pipeta no volume desejado.

Um outro tipo de pipetas, usado especialmente em laboratórios de análises clínicas que englobam laboratórios de biologia, bioquímica, ou para transferência de volume reduzido, é a micropipeta manual, que permite medição de volumes da ordem de microlitros, porém, com menor precisão do que as pipetas graduadas e volumétricas. Este tipo de pipeta utiliza pontas (no Brasil são chamadas ponteiras) descartáveis, feitas de polipropileno. O líquido aspirado por elas não entra ou não deve entrar no corpo principal da micropipeta, sob risco de adulterá-la.

Para a biologia molecular, são utilizadas pontas com um filtro de polipropileno para não haver uma contaminação da micropipeta. A micropipeta pode ser digital e eletrônica. A maioria das micropipetas é monocanal mas também existem micropipetas multicanais (de 8 e 12 canais).

A micropipeta mais precisa do mundo foi inventada pelo Brookhaven National Laboratory e mede zeptolitros.

Pipetas manuais[editar | editar código-fonte]

  • Volumétrica - É utilizada para medir e transferir volume de líquidos, não podendo ser aquecida, pois possui grande precisão de medida. Medem um único volume, o que caracteriza sua precisão[1] ;
  • Pipeta Mohr - Dispensa de volume variável;
  • Sorológica - Dispensa de volume variável;
  • Ostwald-Folin - Dispensa de volume fixo;
  • Lambda - Dispensa de volume fixo;
  • Pipeta graduada [2]

Pipetas Eletrônicas[editar | editar código-fonte]

  • Micropipeta digital monocanal - Dispensa de volume fixo ou variável;
  • Micropipeta digital multicanal - Dispensa de volume variável;
  • Micropipeta electrónica - Dispensa de volume fixo ou variável;
  • Micropipeta electrónica multicanal - Dispensa de volume variável.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. PIPETA VOLUMÉTRICA (vidraria de laboratório) UNESP
  2. PIPETA GRADUADA (vidraria de laboratório) UNESP
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Equipamento de laboratório
Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.