Pirâmide Branca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Pirâmide Branca do faraó Amenemés II, localizada no campo de pirâmides de Dahshur, atualmente é pouco mais que uma pilha de ruínas, devido ao saque que suas pedras sofreram ao longo dos anos. Os escombros de calcário que restaram deram origem ao seu nome atual.

Em 1894 e 1895, Jaques de Morgan escavou o complexo da pirâmide, concentrando-se nas tumbas reais que a circundam. Uma investigação completa de todo o complexo ainda está por ser realizada.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Verner, Miroslav, The Pyramids – Their Archaeology and History, Atlantic Books, 2001, ISBN 1-84354-171-8

29° 48′ N 31° 13′ E

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.