Pirates of the Caribbean: At World's End

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pirates of the Caribbean:
At World's End
Piratas das Caraíbas:
Nos Confins do Mundo
 (PT)
Piratas do Caribe:
No Fim do Mundo
 (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2007 • cor • 168 min 
Direção Gore Verbinski
Produção Jerry Bruckheimer
Roteiro Ted Elliott
Terry Rossio
Elenco Johnny Depp
Orlando Bloom
Keira Knightley
Stellan Skarsgård
Bill Nighy
Chow Yun-Fat
Geoffrey Rush
Jack Davenport
Kevin McNally
Jonathan Pryce
Género Aventura
Idioma Inglês
Música Hans Zimmer
Direção de fotografia Dariusz Wolski
Edição Stephen E. Rivkin
Craig Wood
Estúdio Walt Disney Pictures
Jerry Bruckheimer Films
Distribuição Buena Vista Pictures
Lançamento Estados UnidosBrasil 25 de Maio de 2007
Orçamento US$ 300 milhões[1]
Receita US$ 963.420.425[1]
Cronologia
Último
Último
Pirates of the Caribbean: Dead Man's Chest
Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides
Próximo
Próximo
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Pirates of the Caribbean: At World's End (no Brasil, Piratas do Caribe: No Fim do Mundo; em Portugal, Piratas das Caraíbas: Nos Confins do Mundo) é filme americano/britânico de 2007, o terceiro da série Pirates of the Caribbean, dirigido por Gore Verbinski, escrito por Ted Elliott e Terry Rossio e produzido por Jerry Bruckheimer. O filme foi filmado em dois períodos, em 2005 e em 2006, em conjunto com o filme anterior, Pirates of the Caribbean: Dead Man's Chest. O enredo segue Will Turner, Elizabeth Swann, o Capitão Barbossa e a tripulação do Pérola Negra resgatando o Capitão Jack Sparrow do Baú de Davy Jones, e então se preparando para lutar contra a Companhia das Índias Orientais, liderada por Cutler Beckett e Davy Jones, que desejam extinguir a pirataria.

At World's End foi lançado nos países de língua inglesa no dia 25 de maio de 2007, um dia antes do que havia sido originalmente estabelecido pela Walt Disney Pictures. As críticas foram mistas, porém o filme foi um enorme sucesso de bilheteria, se tornando o filme de maior sucesso do ano de 2007, arrecadando mais de US$ 960 milhões mundialmente, se tornando o terceiro filme de maior sucesso da série, atrás de Dead Man's Chest e On Stranger Tides.

Foi indicado aos Oscars de Melhor Maquiagem e Melhores Efeitos Visuais. É o filme mais caro já produzido, com um orçamento de US$ 300 milhões. Atualmente é a 22ª maior bilheteria da história do cinema.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Neste episódio, Elizabeth, o Capitão Barbossa (que retornara dos mortos por uma feitiçaria de Tia Dalma) e Will partem rumo à Singapura, a fim de obter do pirata Sao Feng um valioso mapa para resgatar Jack Sparrow dos domínios de Davy Jones. A viagem ao fim do mundo não é fácil e a tripulação de Sao Feng planeja trair Barbossa, com a ajuda de Will que precisa do Pérola Negra para resgatar seu pai (O Pérola e o único navio capaz de fazer páreo ao Holandês), e entregar Jack a Lord Beckett, que não pretende ajudar pirata algum muito menos Sao Feng. Mas quando vê que é traído por Beckett (que prometera entregar o Pérola Negra a ele), Sao Feng aceita a proposta de Barbossa de libertar a deusa Calipso, que esta o tempo todo ao lado deles na forma da "Tia Dalma" de Jack, porem pede que possa levar Elizabeth com ele pois está convencido que a moça é a deusa Calipso.

Começa uma rebelião e enquanto Jack negocia com Beckett, Barbossa ataca o navio de Beckett é Barbossa e Jack (que prende Will, como traidor) levam o Pérola Negra à Ilha dos Naufrágios (Shipwreck Island) e Feng faz o mesmo mas por outro caminho, porem é pego de surpresa pelo Holandês Voador e quando está prestes a morrer nomeia Elizabeth capitã e faz dela um dos nove lordes piratas. James Norrington, agora almirante, ajuda Elizabeth (que a beija) mas recusa a fugir com ela, então ele é morto, pelo pai de Will, então Davy começa a pensar que uma revolta não é algo impossível e deixa claro a Will (que fugiu do Pérola e se uniu a eles) que logo tudo mudaria e ele não deveria ser arrogante, o fato é que Will agora estava do lado da Companhia das Índias Orientais e tinha o status de traidor.

Os piratas se reúnem e decidem lutar contra o inimigo, mas para isso elegem Elizabeth (graças a Jack) rainha dos piratas, e decidem seguir seu código de honra assegurado pelo Capitão Teague (interpretado por Keith Richards), pai de Jack, e lutar contra Davy Jones.

Eles libertam a deusa Calipso (que estva aprisionada em Tia Dalma) mas ela recusa ajudá-los, então ela faz um grande redemoinho e o Pérola Negra e o Holandês Voador começam a lutar no redemoinho. O Pérola Negra resiste aos ataques do Holandês Voador, neste momento Jack rouba o coração de Davy Jones e está prestes a apunha-lo quando Jones mata Will como vingança, esperando que Jack se assuste Jones é distraido pela fúria de Bootstrap, pai de Will, então Jack ajuda Will a apunhalar o coração e Will torna-se assim o capitão do Holandês Voador, ajudando ao Pérola Negra a vencer o navio de Lord Beckett, que morre queimado. Depois da batalha Will sabe que deve seguir seu destino como capitão do holandês voador, e após um dia um uma ilha com Elizabeth, Will entrega seu coração dentro de um baú para Elizabeth e diz que ele sempre será seu, e sai rumo ao mar. Elizabeth e Will estão assim casados e o tempo passa, Jack é deixado para trás novamente mas leva consigo o mapa de Sao Feng e vai em busca da Fonte da Juventude para se tornar imortal. Esta aventura será em princípio relatada no quarto filme dos Piratas do Caribe (Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas).

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Johnny Depp como Capitão Jack Sparrow, ele e o Pérola Negra foram arrastados até o Baú de Davy Jones pelo Kraken, ficando preso lá até ser resgatado por sua tripulação.
  • Keith Richards como Capitão Teague, o Guardião do Código Pirata e pai de Jack Sparrow. Richards, que parcialmente inspirou a interpretação de Depp como Sparrow,[2] deveria aparecer em Dead Man's Chest, porém não havia como encaixá-lo na história,[3] [4] estando ainda ocupado com um tour dos Rolling Stones.
  • Orlando Bloom como Will Turner, um ferreiro que virou pirata, filho de "Bootstrap" Bill Turner e noivo de Elizabeth Swann.
  • Keira Knightley como Elizabeth Swann, a filha do Governador Swann e a noiva de Will. Tendo enganado Jack Sparrow para ele ser engolido pelo Kraken, salvando a si mesma e a tripulação do Black Pearl, ela vai atrás dele para resgatá-lo.
  • Geoffrey Rush como Capitão Hector Barbossa, antigo primeiro oficial do Pérola Negra antes de liderar um motim contra Jack. Barbossa foi ressucitado por Tia Dalma para liderar o resgate de Jack Sparrow. Ele também era necessário devido sua "Peça de Oito" para libertar Calypso. Rush disse que no filme, Barbossa se torna um astuto político.[5] Depp disse que ele ficou feliz por ter mais tempo com Rush na tela do que no primeiro filme: "Nós somos como duas senhoras de idade lutando sobre agulhas de tricô".[6]
  • Bill Nighy como Davy Jones, o soberano dos oceanos e o capitão do Holandês Voador. Com seu coração sendo capturado por James Norrington, ele agora está escravizado por Cutler Beckett que o ordenou a matar o Kraken e servir a Companhia das Índias Orientais.
  • Tom Hollander como Lorde Cutler Beckett, o presidente da Companhia das Índias Orientais que agora possui o coração de Davy Jones. Com o coração, Beckett planeja controlar os mares para o bem do comércio, acabando assim com a pirataria.
  • Jack Davenport como Almirante James Norrington, promovido a almirante, Norrington se alia a Beckett e a Companhia, apesar de ainda se importar com Elizabeth, sua antiga noiva.
  • Chow Yun-Fat como Capitão Sao Feng, o Lorde Pirata do Mar da China Meridional. Feng comanda o Empress e tem alguma história com Sparrow, sendo relutante e dar sua ajuda para resgatá-lo do Baú de Davy Jones. "Sao Feng" (嘯風) em chinês significa "Vento Gritante".
  • Naomie Harris como Tia Dalma/Calypso, um sacerdotiza vodu que viaja com a tripulação do Pérola Negra para salvar Jack, tendo também ressucitado Barbossa. Ela possui uma misteriosa conexão com Davy Jones no passado.
  • Stellan Skarsgård como "Bootstrap" Bill Turner, o pai de Will, preso a servir uma eternidade no Holandês Voador. Enquanto ele começa a perder sua humanidade no mar, ele se torna mentalmente confuso, mal reconhecendo seu próprio filho.
  • Kevin McNally como Joshamee Gibbs, o leal amigo de Jack Sparrow, e o primeiro oficial do Pérola Negra.
  • Jonathan Pryce como Governador Weatherby Swann, o governador de Port Royal e o pai de Elizabeth, que está preso a serviço de Beckett.
  • Lee Arenberg e Mackenzie Crook como Pintel e Ragetti, uma dupla arteira e excêntrica que faz parte da tripulação de Jack.
  • David Bailie como Cotton, o leal tripulante mudo de Jack que se junta a sua procura.
  • Martin Klebba como Marty, o anão membro da tripulação de Jack que também vai a seu resgate.

Referências

  1. a b Pirates of the Caribbean:At World's End (2007) Box Office Mojo.
  2. Stax (25 de junho de 2003). Depp & Bruckheimer Talk Pirates IGN..
  3. 100 Pop Stars In The Movies Sky..
  4. Aviles, Omar (27 de junho de 2005). Depp talks Pirates 2 Joblo..
  5. Revealing the True Nature of all the Characters Notas da produção..
  6. Williams, Kam (21 de maio de 2007). Johnny Depp "The Pirates of the Caribbean" Interview News Blaze..

Ligações externas[editar | editar código-fonte]