Pirognômico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os materiais Pirognômicos são fáceis de passar o estado de incandescência. Os minerais e metais emitem geralmente brilho quando aquecidos, mas os materiais Pirognômicos a uma temperatura muito menor. Allanita e gadolinita são exemplos de minerais Pirognômicos. O termo foi introduzido por Scheerer em 1840, mas o fenômeno tinha sido observado anteriormente por Wollaston e Berzelius.

Referências[editar | editar código-fonte]