Pistola sinalizadora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Pistola Sinalizadora)
Ir para: navegação, pesquisa
Uma típica pistola sinalizadora contemporânea, sendo disparada por um militar norte-americano.

A pistola sinalizadora ou pistola de emergência é uma arma não-letal que dispara sinalizadores luminosos. É essencialmente usada a bordo de embarcações, aviões ou outras situações de emergência. Devido às suas características, não é classificada como arma.

História[editar | editar código-fonte]

Atualmente o tipo mais comum de armas sinalizadoras são fabricadas pela marca Very (também designada Verey)[1] , apelidada em homenagem a Edward Wilson Very (1847-1910), que popularizou o uso e dinamizou a arma como referência para emergências. Desde então, o uso de armas sinalizadoras tornou-se recomendável e até mesmo obrigatório em alguns países, como elemento fundamental de emergência em embarcações e embarcações de voo. Foi também uma arma proponderante em grande parte das incursões dos Aliados durante a I Guerra Mundial.[2] O termo very light, geralmente associado à arma e ao próprio sinalizador, é proveniente da própria marca Very, que o popularizou.

Formato e Uso[editar | editar código-fonte]

A pistola sinalizadora possui um mecanismo de gatilho, semelhante ao de uma pistola de mão comum. [3] As versões mais modernas são feitas geralmente a partir de plásticos duros, resistentes e de cores vivas e fluorescentes. Desse modo, para além de serem mais facilmente visíveis e identificáveis numa situação rápida de emergência, a cor pouco convencional permite que não sejam confundidas com as armas de fogo. A arma conta ainda com uma coronha geralmente revestida a plástico endurecido e um cano curto.

A pistola sinalizadora só deverá ser disparada numa situação de emergência. Para o fazer, o disparador deverá apontá-la para cima na vertical; deste modo, a luz soltada pela munição durará o máximo de tempo, será mais ampla e indicará a posição exata aos salvadores.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Chambers 21st Century Dictionary (revised ed.). New Delhi: Allied Publishers (P) Ltd. 2005. p. 1578. ISBN 81-86062-26-2.
  2. http://www.firstdivisionmuseum.org/museum/online/toward_the_front/battle_of_cantigny/artifacts/entry3.aspx
  3. Julio S. Guzmán, Las Armas Modernas de Infantería, Abril de 1953

Ligações externas[editar | editar código-fonte]