Pita (pão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Para outros significados de pita, ver Pita (desambiguação)

Pita
Pita ou pão sírio
Origem
Região Oriente médio
Detalhes
Tipo pão

Pita (khubz adi ou khubz arabi em língua árabe, pão árabe ou pão sírio, no Brasil) [1] é um pão de trigo tipo “envelope”, um pão folha que pode ser recheado e consumido como uma sanduiche. É popular em todos os países que resultaram do colapso do Império Otomano e também nos países ocidentais que albergam uma população importante do Médio Oriente, Turquia ou países vizinhos. [2] Khobz ou “khubz” são os termos gerais em língua árabe para designar qualquer tipo de pão. [3]

O nome parece ter origem numa antiga palavra grega com o significado de “sólido” [4] , mas na língua grega moderna, o sufixo “pita” aparece em muitas palavras que designam alimentos recheados, como kasseropita, o pastel recheado de “kasseri”, um tipo de queijo, tiropita, com queijo e ovo, ou spanakopita, recheada de espinafre.

O pão pita é feito com levedura, normalmente ativada com uma pequena quantidade de açúcar, e pode ser redondo ou oval e de tamanho variável. O livro de culinária “Kitab al-Tabikh” de ibn Sayyar al-Warraq, inclui seis receitas de pão, e em todas o pão era assado num “tannur”, que é o antepassado do moderno tandoor. [2]

No Brasil, o pão árabe ou sírio terá sido trazido no início do século XX pelos imigrantes sírio-libaneses, e é a base da receita do beirute: pão sírio, rosbife ou lagarto fatiado, queijo, alface, rodelas de tomate e um ovo frito.

Referências

  1. "Cozinha do Mundo - Síria e Líbano". Editora Abril S.A., página 161. (2010)
  2. a b Arabic Bread
  3. Pão em Marrocos no site MoroccanFood
  4. Babiniotis, Georgios (2005). Λεξικό της Νέας Ελληνικής Γλώσσας (Lexicon of New Greek). Κέντρο Λεξικολογίας. p. 1412. ISBN 960-86190-1-7