Pittosporum coriaceum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaPittosporum coriaceum
Taxocaixa sem imagem
Estado de conservação
Status iucn3.1 CR pt.svg
Em perigo crítico
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Rosales
Família: Pittosporaceae
Género: Pittosporum
Espécie: P. coriaceum
Nome binomial
Pittosporum coriaceum
Dryand. ex Aiton

O mocano (Pittosporum coriaceum) é uma planta do género Pittosporum, da família Pittosporaceae, espécie endémica da Macaronésia. Extinta nas Canarias, tem sobrevivido na ilha da Madeira.

Apresenta-se como um arbusto ou árvore pequena com cerca de 5 a 8 metros de altura, perenifólia de tronco cinzento-claro e liso. As folhas são oblongas a obovado-oblongas, obtusas, espessas, coriáceas e glabras.

As flores desta planta são pequenas de cor branco branco-amareladas, aromáticas e reunidas em cimeiras umbeliformes.

Apresenta um fruto em cápsula de até 2 centímetros de comprimento de forma ovóide, apiculado, lenhoso, acastanhado quando maduro.

Trata-se de uma espécie endémica da ilha da Madeira, extremamente rara que habita escassas escarpas da floresta de Laurissilva do Til.

Apresenta floração entre Maio e Junho.

Ao longo dos tempos a madeira de mocano, muito leve e de cor amarelado a acinzentado, foi utilizada em marcenaria. Actualmente trata-se de uma espécie muito rara cuja exploração é impossível.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Apiales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.