Planeta interestelar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Concepção artística de um planeta interestelar do tamanho de Júpiter.

Um planeta interestelar (também conhecido como planeta órfão) é um objeto de massa planetária que foi expulso do seu sistema e já não é gravitacionalmente vinculado a qualquer estrela, anã marrom ou algum outro objeto e que, portanto, orbita a galáxia diretamente.[1] [2] [3] Em maio de 2011, alguns astrônomos estimaram que planetas interestelares do tamanho de Júpiter podem ser duas vezes mais comuns que estrelas.[4] [5]

Acredita-se que objetos de massa planetária que nunca fizeram parte de um sistema se formaram de maneira semelhante às estrelas, e a UAI propôs que esses objetos podem ser chamados de subanã marrom.[6]

Cha 110913-773444 pode ser um planeta interestelar ejetado, ou pode ter-se formado sozinho e ser uma subanã marrom.[7]

Referências

  1. Orphan Planets: It's a Hard Knock Life, Space.com, 24/02/2005, acessado em 05/02/2009.
  2. Free-Floating Planets – British Team Restakes Dubious Claim, Space.com, 18/04/2001, acessado em 05/09/2009.
  3. Orphan 'planet' findings challenged by new model, NASA Astrobiology, 18/04/2001, acessado em 05/02/2009.
  4. Whitney Clavin; Trent Perrotto (18/05/2011). Free-Floating Planets May be More Common Than Stars Jet Propulsion Laboratory. Visitado em 18/05/2011.
  5. 'Exciting' find: Possible planets without orbits, AP News via Yahoo News, 18/05/2011.
  6. Working Group on Extrasolar Planets – Definition of a "Planet" POSITION STATEMENT ON THE DEFINITION OF A "PLANET" (IAU)
  7. Rogue planet find makes astronomers ponder theory
Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.