Planetary

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Planetary é uma série de quadrinhos norte-americana criada pelo escritor Warren Ellis e o desenhista John Cassaday e publicada pelo selo Wildstorm da DC Comics. O título Planetary também se refere ao grupo retratado na revista.

A pré-estréia da série deu-se em setembro de 1998 em Gen¹³ número 33 e em C-23 número 6. A primeira edição saiu em abril de 1999. Foi planejada originalmente para ser uma série bimestral de 24 edições. Entretanto, devido à problemas de saúde de Ellis e outros compromissos de Cassaday, a revista entrou em um hiato de quase um ano em 2003, e desde que foi retomada seu autor têm falado sobre estender o número de edições para 27.

A premissa[editar | editar código-fonte]

O Planetary é uma organização auto-intitulada "Arqueólogos do Impossível", correndo atrás da história secreta do mundo. Fundada pelo misterioso Quarto Homem, que especula-se possa ser qualquer um, desde Adolf Hitler a Bill Gates, o time de campo consiste de três superseres: Jakita Wagner, forte, rápida e praticamente invulnerável; O Baterista, que pode conversar com computadores e quaisquer outros tipos de mecanismos elétricos; e o novo recruta Elijah Snow, que consegue controlar a temperatura.

A série ocorre no Universo Wildstorm, juntamente com outros títulos como Stormwatch, The Authority e Gen¹³.

A equipe Planetary viaja ao redor do mundo investigando fenômenos estranhos: monstros e outras criaturas, relíquias incomuns, outros superseres, e segredos incomensuráveis que certos indivíduos tentam manter escondidos do resto do mundo. Seu propósito é em parte movido pela curiosidade e em parte pela utilidade de novos conhecimentos adquiridos em prol da humanidade. Existem, entretanto, grupos que se opõem à seus propósitos, e a organização tem uma história substancial que é revelada gradualmente durante a série.

Nas últimas edições o enredo torna-se cada vez mais relacionado ao "Os Quatro", análogos do Quarteto Fantástico da Marvel, cujos objetivos são exatamente opostos aos da equipe Planetary.

Publicação no Brasil[editar | editar código-fonte]

A estréia de Planetary no Brasil ocorreu em uma revista mensal (5 edições) publicada pela extinta Pandora Books em 2002. A revista, no formato flip-flop, também continha a série Authority.

Em seguida, a Devir Livraria publicou dois volumes, contendo as edições 1 - 12.

Em de abril de 2007, Planetary foi um dos títulos regulares da nova revista "Pixel Magazine" (junto com Hellblazer), publicada pela editora Pixel Media.

Em agosto de 2013, a Editora Panini divulgou que pretende relançar a série completa em formatos de encadernados, provavelmente entre 114 a 160 página por edição.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]