Planigale maculata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPlanigale maculata
Planigale maculata - Gould.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Infraclasse: Marsupialia
Ordem: Dasyuromorphia
Família: Dasyuridae
Género: Planigale
Espécie: P. maculata
Nome binomial
Planigale maculata
(Gould, 1851)

Planigale maculata é uma espécie de marsupial da família Dasyuridae. Endêmica da Austrália.

  • Nome Científico: Planigale maculata (Gould, 1851)
  • Sinônimo do nome científico da espécie: Antechinus maculata;

Características[editar | editar código-fonte]

A pelagem varia de cinza a cor de canela, com o ventre amarelo-acinzentado, a cauda tem pouco pelo comparado com o corpo. Esta é a maior espécie do gênero, medindo cerca de 10 cm de comprimento e a cauda oito cm. Os machos pesam em média 15 gramas e as fêmeas 11 gramas. O corpo do Planigale e mais estreito, dando-lhe aparência de achatado, embora seja menos que outros Planigales.

Foi descrito pela primeira vez por John Gould em 1851. Foi originalmente descrito como Antechinus maculatus, e foi mantido no gênero até Mike Archer transferir-lo para Planigale em sua revisão em 1976 deste ultimo gênero. O nome científico significa "achatado e manchado"

Hábitos alimentares[editar | editar código-fonte]

O Planigale-comum, como outros membros do gênero Planigale, come principalmente insetos e outros artrópodes. Embora possam ocasionalmente comer outros pequenos animais, como lagartos ou aves. Devido ao seu pequeno porte, o Planigale-comum tende a preferir insetos pequenos, geralmente àqueles que são menores de 15 cm de comprimentos. No entanto, é capaz de tomar presas maiores, como grandes besouros e, especialmente, gafanhotos. Para matar um inseto, ele morde a presa abaixo, onde o exoesqueleto é mais frágil.

Características de reprodução[editar | editar código-fonte]

O Tempo de gestação do Planigale comum é de 19-20 dias. No final desse período, a fêmea dá à luz 5-11 filhotes, o número varia, mas tende a ser coerente com o numero de tetas que a fêmea possui. Eles nascem num estágio inicial de desenvolvimento e migram para a bolsa, onde mamam até que estejam completamente desenvolvidos. Os filhotes sai da bolsa com cerca de 28 dias de idade, começam a comer comida sólida em torno de 55 dias e são independentes da mãe aos 70 dias.

Habitat[editar | editar código-fonte]

Os Planigales comuns ocupam uma vasta gama de hábitat, vivendo em florestas, pântanos, pastagens e até mesmo em cidades.

Distribuição Geográfica[editar | editar código-fonte]

Leste de Queensland, Nordeste de Nova Gales do Sul e norte do Território do Norte;

Subespécies[editar | editar código-fonte]

  • Subespécie: Planigale maculata maculata (Gould, 1851)

Local: Nova Gales do sul, Território do Norte, Queensland, Austrália Ocidental;

  • Subespécie: Planigale maculata minutissimus? (Gould, 1852)

Sinônimo do nome científico da subespécie: Antechinus minutissimus;

Nota: Considerado sinônimo de Planigale maculata maculata;

Local: Baia de Moreton, Queensland;

  • Subespécie: Planigale maculata sinualis (Thomas, 1926)

Nota: Embora reconhecida como uma forma, não é concordada com estado subespecifico por Archer (1976);

Local: Gruta Eylandt, Golfo da Carpentária;

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre marsupiais, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.