Plano de Sorgenfrey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2014)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Em topologia, o plano de Sorgenfrey é frequentemente citado como contra-exemplo para várias conjecturas de outro modo plausíveis. Ele consiste do espaço produto de duas cópias da linha de Sorgenfrey, que é a reta real \mathbb{R} com a topologia dos intervalos semi-abertos. A reta de Sorgenfrey e seu plano recebem tal nome em homenagem ao matemático Americano Robert Sorgenfrey.

Uma base para o plano de Sorgenfrey, denotado por X a partir de agora, é portanto o conjunto dos retângulos que incluem o lado esquerdo, o canto sudoeste, e o lado inferior, e omite o canto sudeste, o lado direito, o canto nordeste, o lado superior, e o canto noroeste. Abertos de X são uniões de tais retângulos.

X é um exemplo de um espaço que é produto de espaços de Lindelöf que não é um espaço de Lindelöf. É também um exemplo de um espaço que é produto de espaços normais e não é normal.A chamada anti-diagonal, Δ = { (x, −x) | x ∈ R } é um subconjunto discreto deste espaço, e é um subconjunto não-separável do espaço separável X. Isto mostra que a separabilidade não é herdada para subespaços fechados. Note que K = { (x, −x) | x ∈ Q } e Δ\K são conjuntos fechados que não podem ser separados por conjuntos abertos, mostrando que X não é normal.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre matemática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.