Plasmus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Plasmus
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por DC Comics
Primeira aparição The New Teen Titans #14
(Dezembro de 1981)
Criado por Marv Wolfman
George Perez
Características do personagem
Alter ego Otto Von Furth
Terra natal Alemanha
Afiliações Irmandade Negra
Esquadrão Suicida
Sociedade Secreta de Super-Vilões
Habilidades Capacidade de regeneração;
Transformar seu corpo em forma gelatinosa;
Durabilidade sobre-humana;
Toque ácido (pode liquefazer material sólido).
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Plasmus é um super-vilão fictício publicado pela DC comics. Foi criado por George Perez e Marv Wolfman como um inimigo do Novos Titãs.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Otto Von Furth era um minerador na Berlim Oriental, Alemanha, até que um desabamento inesperado o prendeu junto com outros quatro companheiros por sete dias. Durante todo esse tempo, os colegas de trabalho de Otto morreram, deixando-o como o único sobrevivente. Eles estavam cavando rádio (elemento extremamente radioativo) e acabaram expostos ao material. Ao ser salvo, Otto foi imediatamente levado para o hospital. Mais tarde, ele acaba sendo sequestrado pelo ex-nazista General Zahl que, através de um experimento químico, provoca uma mutação em seu corpo, deixando-o em um estado semelhante a uma bolha. Enraivecido por ter se tornado um monstro, Otto transforma-se em Plasmus. Seu corpo tornou-se uma forma de protoplasma instável. Ele acaba ingressando a Irmandade Negra, e enfrenta os Novos Titãs em diferentes ocasiões. Mesmo apreciando esses confrontos, ele se lamenta por não ser aquele que, finalmente, assassina o General Zahl.

O resto da Irmandade Negra acaba sendo reformada na Sociedade do Pecado. Mais tarde, Plasmus é recrutado para o Esquadrão Suicida, de Lex Luthor, onde aparentemente morre ao lutar contra Imperiex. Depois disso, Plasmus aceita um convite para se juntar a Sociedade Secreta dos Super Vilões na série Contagem Regressiva para a Crise Infinita. Ele aparece na Crise Infinita como a parte de um pequeno grupo que bombardeia a cidade de Blüdhaven.

Durante o crossover Um Ano Mais Tarde, Plasmus volta a se reunir com a Irmandade Negra.

Poderes e Habilidades[editar | editar código-fonte]

Com seu corpo radioativo e químico-convertido, Plasmus pode, a um simples toque, trazer uma morte assustadora para seus oponentes, revertendo-os à um estado protoplásmico. O toque não tem nenhuma cura e ninguém jamais foi capaz de sobreviver. Plasmus pode, também, separar suas células, de modo que balas e ataques físicos não possam o ferir. Pode também reagrupar seu corpo disperso quando em seu estado menos coesivo. De certo modo, ele é quase idêntico ao sinistro Preston Payne, o terceiro Cara de Barro. Ambos podem, como descrito acima, derreter pessoas em uma geleia protoplasmática, e possuem um alto grau de controle de seus corpos gelatinosos.

Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.