Plata quemada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde abril de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Plata Quemada
 Argentina
Uruguai
 França
 Espanha

2000 • cor • 125 min 
Gênero drama
romance
crime
Idioma espanhol
Página no IMDb (em inglês)

Plata Quemada é um filme realizado em 2000, dirigido por Marcelo Piñeyro, e com roteiro escrito por Piñeyro e Marcelo Figueras.

A história[editar | editar código-fonte]

O filme retrata a história verídica de uma dupla de assaltantes conhecida como “Os Gêmeos”, amantes e marginais que, em 1965, fogem da Argentina com o valor de sete milhões de pesos e se refugiam no Uruguai, juntamente com o resto do bando.

Nene e Ángel são contratados por um figurão para interceptarem um carro-forte que carregava 7 milhões de pesos, mas o roubo na verdade foi uma cilada e a dupla vê-se obrigada a matar para fugir.

O relacionamento entre os dois bandidos (Nene e Ángel) é conturbado. “El Nene” é o lado inteligente e esperto da dupla; mesmo assim ele é apaixonado por Ángel. Por outro lado, Ángel é infantilizado. Fanático religioso, carrega a culpa pela sua vida (bandido e homossexual) e ouve vozes que o atormentam.[1]

Os fatos[editar | editar código-fonte]

O filme se baseou em fatos. Vários delinqüentes de nacionalidade argentina (porteños) realizaram um grande assalto no qual vários pessoas morreram em Buenos Aires; depois o casal, junto com outros bandidos da quadrilha, escapa para Montevideo, Uruguai.

Numa noite de novembro de 1965 foram cercados pela polícia uruguaia, que após quatorze horas e milhares de balas atiradas no apartamento, terminou com um saldo de vários mortos, entre os policiais e os bandidos.

O elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Plata Quemada tem recepção favorável por parte da crítica especializada. Com tomatometer de 77% em base de 30 críticas, o Rotten Tomatoes publicou um consenso: “Plata Quemada conta uma história elegante e cheia de vapor sobre criminosos em fuga”. Tem 78% de aprovação, por parte da audiência, usada para calcular a recepção do público a partir de votos dos usuários do site.[2]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Plata Quemada (em português) Filmow. Visitado em 29 de março de 2014.
  2. Plata Quemada (em inglês) Rotten Tomatoes. Visitado em 29 de março de 2014.
  3. Plata quemada -Premios Goya - Fotogramas (em inglês) Premios Goya. Visitado em 29 de março de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]