Pleocitose

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O aumento do número de leucócitos é denominado pleocitose e está relacionado à vigência de um processo inflamatório liquórico. A quantidade de células ou o tipo celular encontrado e/ou predominante pode determinar o tempo de evolução da patologia e o agente ou grupo de agentes causais. É preciso reafirmar que, somente a análise do comportamento citológico não é suficiente para se fechar um diagnóstico, sendo necessária a determinação dos parâmetros bioquímicos, no mínimo.

Patologias que podem ter a pleocitose:

  • Doença de Lyme
  • Sarcoidose
  • Neurossífilis
  • Meningoencefalite por HIV
  • Doença de Behçet
  • Doença de Devic (neuromielite optica)
  • Toxoplasmose
  • Meningite
  • Rubéola
  • Meningite criptococócica
  • Síndromes paraneoplásicas diversas

Tuberculose Extra Pulmonar quando causando quadro de meningoencefalite.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.