Polícia Civil do Estado de Pernambuco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Polícia Civil do Estado de Pernambuco
Visão geral
Nome completo Polícia Civil do Estado de Pernambuco
Fundação 1808 (206 anos)
Tipo Força policial civil - polícia judiciária
Subordinação Governo do Estado de Pernambuco
Direção superior Secretaria da Defesa Social
Chefe Chefe da Polícia Civil
Estrutura jurídica
Legislação Constituição Federal, art. 144, IV e §§ 4º e 6º
Estrutura operacional
Prédio Histórico da Polícia Civil
Prédio Histórico da Polícia Civil
Sede Recife  Pernambuco Brasil
Força de elite GOE - Grupo de Operações Especias
Força de elite CORE - Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais
Website http://www.policiacivil.pe.gov.br
Portal da polícia
editar

A Polícia Civil do Estado de Pernambuco é uma das polícias de Pernambuco, Brasil. A ela incumbem as funções de polícia judiciária e a apuração das infrações penais, exceto as militares, nos termos do § 4º do artigo 144 da Constituição Federal[1] .

Subordina-se ao Governador do Estado e é dirigida por delegado de polícia de carreira.

Exerce as suas atribuições no âmbito da segurança pública estadual através das delegacias policiais e delegacias especializadas, distribuídas pelo território pernambucano.

Nos seus quase 200 anos de existência vem contribuindo com atuação ininterrupta e relevante em prol da segurança e tranqüilidade da sociedade, muitas vezes com o sacrifício da vida de seus servidores policiais.

Histórico[editar | editar código-fonte]

1808 – Surgimento da Polícia Civil no Brasil, com a criação da Intendência Geral de Polícia da Corte e do Estado do Brasil.

1817 – Criação na Capitania de Pernambuco de um Tribunal de Polícia, dirigido por um juiz ordinário do crime. A polícia judiciária desse período passou a ser encargo de juízes de direito, chamados de Questores de Polícia.

1836 – Criadas por lei provincial as Prefeituras de Polícia, visando melhorar, com o novo órgão, o desempenho do serviço policial.

1841 – Com a edição do Código de Processo Criminal do Império e legislação complementar, surge a figura do Chefe de Polícia, nomeado pelo Presidente da Província de Pernambuco e auxiliado por seus delegados e subdelegados.

1898 – Reorganizou-se a Chefia de Polícia, criando-se dois cargos de delegado para a Capital e um para cada município, este, subdividido em distritos, chefiados por subdelegados, auxiliados por inspetores de quarteirão.

1931 – Criada a Secretaria de Segurança Pública, centralizando os serviços policiais do estado. Fixou-se na sede histórica da Rua Aurora, 405, magnífico casarão em estilo eclético, antiga residência do Presidente da Província.

1967 – A nova Constituição Estadual autoriza a criação da polícia de carreira, efetivada pela Lei nº 6.657, de 7 de janeiro de 1974.

1999 - A Polícia Civil volta a ser dirigida por um Chefe de Polícia, escolhido dentre os delegados de carreira do nível mais elevado.

2005 – Lei nº 12.853, de 4 de julho de 2005 instituiu o dia 13 de abril como o “Dia do Policial”, designando o Patriota Felipe Nery Ferreira, como patrono da Polícia Civil de Pernambuco[2] .

Princípios básicos da Polícia Civil[editar | editar código-fonte]

  • respeito ao Estado Democrático de Direito;
  • reconhecimento e garantia dos direitos e da dignidade da pessoa humana;
  • hierarquia;
  • disciplina;
  • participação comunitária.

Carreiras policiais[editar | editar código-fonte]

As carreiras policiais, cujas classes mais elevadas são denominadas de especial, estruturam-se a partir das seguintes categorias:[3] :

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Viatura da Polícia Civil
Órgãos Colegiados
  • Conselho Superior de Polícia
  • Comissão de Avaliação de Desempenho de Pessoal
  • Comissão Permanente de Licitação
  • Comissão Permanente de Alienação de Bens
Órgão de Direção Superior
  • Chefia de Polícia Civil
  • Subchefia de Polícia Civil
Órgãos de Apoio
  • Secretaria Executiva
  • Assessoria
Órgãos de Assistência Direta à Chefia de Polícia Civil
  • Coordenação de Procedimentos Policiais - COORDPPOL
  • Unidade de Planejamento e Coordenação de Eventos - UNICEV
  • Assessoria de Comunicação Social
  • Unidade de Controle Interno - UCI
  • Unidade de Apoio Jurídico - UNAJUR
  • Unidade de Estatística Criminal - UNESTAC
Órgãos de Atividades-Meio
  • Diretoria de Administração Geral
  • Diretoria de Recursos Humanos
Órgãos de Atividades-Fim
  • Diretoria Integrada Metropolitana - DIM
Delegacias Policiais
  • Diretoria Integrada do Interior 1 - DINTER 1
Delegacias Policiais
  • Diretoria Integrada do Interior 2 - DINTER 2
Delegacias Policiais
  • Diretoria Integrada Especializada - DIRESP
Delegacias Especializadas
Grupo de Operações Especiais - GOE[4]
  • Operações Especiais
CORE - Comando de Operações e Recursos Especiais
Diretoria de Inteligência da Polícia Civil[5]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outras instituições[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal
A Wikipédia possui o
Portal da Segurança do Brasil


Polícias Judiciárias dos Estados do Brasil
Brasão da Polícia Civil do Acre.jpg Acre Insígnia da Polícia Civil da Bahia.jpg Bahia Polcivgoias.jpg Goiás Recorte.png Minas Gerais Polcivpernambuco.png Pernambuco PCERS.jpg Rio Grande do Sul Insígnia da Polícia Civil de São Paulo.jpg São Paulo
PCEA.jpg Alagoas PCECE.jpg Ceará Brasão-Polícia Maranhão.jpg Maranhão PCEP.gif Pará PCEPI.jpg Piauí PCERO.jpg Rondônia PCESE.png Sergipe
PCEAP.jpg Amapá PCDF 2.png Distrito Federal PolcivMS.gif Mato Grosso Brasão Polícia Civil da Paraíba.jpg Paraíba BrasãoPCERJ.jpg Rio de Janeiro Brasão PC Roraima.jpg Roraima Pctocantins.jpg Tocantins
Brasão da Polícia Civil do Amazonas.JPG Amazonas BrasaoPCES.JPG Espírito Santo PCEMS.jpg Mato Grosso do Sul Logo policia civil.gif Paraná Brasao-Policia-Civil-RN.png Rio Grande do Norte PCSC.jpg Santa Catarina
Coat of arms of the Brazilian Federal Police.svg
Polícia Federal