Polizeiruf 110

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Polizeiruf 110
Informação geral
Formato Seriado
Gênero Drama policial
Duração 90 minutos
País de origem  Alemanha Oriental (1971–1990)
 Alemanha (1990–presente)
Idioma original Alemão
Exibição
Emissora de
televisão original
DDR-FS (1971–1990)
ARD (1990–presente)
Transmissão original 27 de junho de 1971 – presente
N.º de temporadas 40
N.º de episódios 328
Cronologia
Programas relacionados Tatort

Polizeiruf 110 (em português: Polícia, disque 110) é um seriado de televisão policial alemão. O primeiro episódio foi transmitido em 27 de junho de 1971 na extinta República Democrática Alemã pela emissora estatal Fernsehen der DDR (DDR-FS). Após a dissolução da DDR-FS como consequência da reunificação alemã, o seriado passou a ser transmitido pela ARD, rede das emissoras públicas da República Federal da Alemanha. Polizeiruf 110 foi originalmente criado como uma versão de Tatort, seriado policial exibido na Alemanha Ocidental, e logo se tornou um dos programas favoritos dos alemães orientais.

Em contraste aos demais seriados policiais, nos quais os assassinatos são o foco principal, Polizeiruf trata de crimes menos sérios como violência doméstica, extorsão, fraude, roubo, delinquência juvenil, pedofilia e estupro. Ao contrário de Tatort, que se concentra nos personagens principais e suas vidas privadas, o procedimento policial é o centro das atenções do seriado, especialmente nos primeiros episódios. Os roteiristas atribuem particular importância à representação do criminoso e seu estado de espírito, assim como o contexto no qual o crime ocorreu.

Um episódio de 1974 baseado no caso do serial killer Erwin Hagedorn foi proibido pelo Politburo do Partido Socialista Unificado da Alemanha, que temia um debate público sobre a pena de morte. Um roteiro e uma fita muda do episódio, até então considerados perdidos, foram redescobertos em 2011, e o som foi dublado por novos atores para que este pudesse finalmente ser transmitido.[1] [2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Peter Borgelt como Capitão (mais tarde detetive-chefe) Peter Fuchs (84 episódios, 1971–1991)
  • Jürgen Frohriep como Tenente, (mais tarde alto comissário criminal) Jürgen Hübner (68 episódios, 1972–1994)
  • Sigrid Göhler como Tenente Vera Arndt (49 episódios, 1971–2001)
  • Wolfgang Winkler como Inspetor-chefe Herbert Schneider (42 episódios, 1979–2007)
  • Andreas Schmidt-Schaller como Tenente (mais tarde alto comissário criminal) Thomas Grawe (40 episódios, 1973–2004)
  • Jaecki Schwarz como Inspector-chefe Herbert Schmücke (38 episódios, 1987–2007)
  • Lutz Riemann como Tenente (mais tarde alto comissário criminal) Lutz Zimmermann (25 episódios, 1983–1991)
  • Henry Hübchen como Tobias Törner (13 episódios, 1972-2005)[3]

Referências

  1. "Cold war TV drama gets premiere, 37 years after GDR censorship". The Guardian. 24 de junho de 2011. Acesso em 2 de outubro de 2011.
  2. Furquim, Fernanda. "Após 37 Anos, Episódio Censurado Estreia na Alemanha". Veja.com. 4 de julho de 2011. Acesso em 2 de outubro de 2011.
  3. Imdb.de

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre séries de televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.