Polly Plummer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Polly Plummer
Nome Polly Plummer
Raça Humana
Naturalidade Londres, Inglaterra
Criador C.S. Lewis
Aparições em Livros
O Sobrinho do Mago (1955)
A Última Batalha (1956)
Aparições na Mídia


Polly Plummer é uma personagem fictícia criada pelo escritor britânico C.S. Lewis para a série As Crônicas de Nárnia. Sua primeira aparição deu-se no primeiro livro da série (em ordem cronológica, e o sexto em termos de publicação) O Sobrinho do Mago, de 1955, aonde, ainda criança, ao lado de Digory Kirke, descobre o mundo de Nárnia. Além deste, Polly ainda aparece no último livro da série, intitulado A Última Batalha, de 1956.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em O Sobrinho do Mago, Polly Plummer é uma garota de onze anos de idade, que vive muitas aventuras com seu melhor amigo, Digory. Já em A Última Batalha, ela já é uma mulher de meia idade.

O Sobrinho do Mago[editar | editar código-fonte]

Polly Plummer aparece pela primeira vez em "O Sobrinho do Mago" (The Magician's Nephew), que foi o sexto livro da série a ser publicado, mas o primeiro na ordem cronológica de Nárnia. Ela é uma menina com onze anos de idade que vive em Londres, na Inglaterra e é vizinha de Digory Kirke. Através de um estreito corredor-secreto que liga todas as casas do quarteirão onde moram, acabam por entrar no laboratório de Tio André, que dão de cara com ele.

André fazia experiências com uns anéis mágicos, que segundo ele eram capazes de transportar qualquer coisa para outro mundo. Polly e Digory viraram cobaias de André, e foram transportados para o "Bosque Entre os Mundos". Este Bosque, era um lugar que dava acesso a qualquer outro mundo, de qualquer universo.

Os dois, acabaram por entrar em um mundo chamado Charn, que segundo o livro, era frio e sem vida, porém repleto de magia. Este local era, na verdade, o mundo natural da Feiticeira Branca (ou Jadis, como é o seu real nome). Lá, acidentalmente libertam-a de seu castigo por ter destruído a vida de seu mundo com a Palavra Execrável.

Com sua falsidade, Jadis convence Polly e Digory a trazê-la para a Inglaterra, onde começa uma grande confusão; Jadis rouba uma joalheria e furta uma carruagem, juntamente com o cavalo. Instantes depois, a polícia londrina e Franco, o Cocheiro, dono da carruagem e do cavalo, aparecem e discutem.

Para evitar qualquer "catástrofe" que a Feiticeira poderia causar, Digory e Polly saltam para cima dela e pegam os anéis mágicos, que em instantes os levam para o Bosque Entre os Mundos. Acontece algo inesperado; Tio André, o Cocheiro e o cavalo estão presentes no Bosque. Jadis porém, fica meio pálida e agonizada no Bosque. André então decide levá-la para um outro mundo. E vão. Chegam então em Nárnia, no exato momento em que Aslam a criava. Jadis usa um poste que havia arrancado em Londres e ataca Aslam, mas é surpreendida pelos seus poderes e foge.

Digory vê os poderes tremendos do leão e lembra-se de sua mãe, que está terrivelmente adoentada e decide pedir ajuda a este. Aslam diz que o único modo de curar a sua mãe era ir ao outro lado de Nárnia, próximo as grandes montanhas, na Árvore da Vida e colher uma maçã, mas com a condição de que não poderia consumir o fruto. Digory concordou. Polly gostaria de ir com Digory para ajudá-lo. Aslam chama então o cavalo do Cocheiro Franco, e o nomeou de Pluma, e logo após deu-lhe um par de asas, para que pudesse levar Polly e Digory mais rápido. Pluma, também tinha o dom de falar.

Quando estavam próximos, Digory disse que seguiria em frente sozinho. Chegou até a Árvore da Vida e colheu uma maçã, mas teve uma vontade incontrolável de provar a maçã. Nisto, Jadis, a Feiticeira Branca apareceu e tentou Digory à provar o fruto. Digory recusou e fugiu com Polly e Pluma, que deixou Jadis enfurecida.

Chegando ao acampamento de Aslam, entragaram-lhe a maçã, e ele ordenou a Digory plantá-la. Aslam disse para que Digory esperasse, pois ele já havia escolhido um rei para Nárnia, que era o cocheiro Franco e sua esposa Helena (que havia sido invocada enquanto Digory, Polly e Pluma estavam fora, por Aslam). Depois da coroação uma enorme árvore cresceu e encheu-se de frutos. Aslam disse à Digory para recolher um fruto e dar para a sua mãe.

Polly, Digory e Tio André foram embora para Londres. Digory obedeceu Aslam e fez o que ele mandou. No dia seguinte sua mãe havia sido curada. Polly e Digory continuaram a serem amigos. Digory cresceu e tornou-se o famoso Professor Kirke, que alojou os Pevensie em sua casa de campo.

A Última Batalha[editar | editar código-fonte]

Em A Última Batalha (The Last Battle), ela morre junto com Digory e os irmãos Pevensie no acidente de trem. Depois do acidente, volta a ser jovem na Verdadeira Nárnia.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.