Polyotidium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPolyotidium
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Asparagales
Família: Orchidaceae
Género: Polyotidium
Espécies
Polyotidium huebneri

Polyotidium é um género botânico pertencente à família das orquídeas (Orchidaceae). Foi proposto por Garay em Botanical Museum Leaflets 18: 105, em 1958, para onde transferiu o Polyotidium huebneri (Mansf.) Garay, anteriormente publicado por Mansfield como Hybochilus huebneri, a planta tipo do gênero. O nome é uma referência as quatro aurículas presentes da colunas das flores deste gênero.

Polyotidium é um gênero monotípico cuja pequena espécie é epífita, de crescimento cespitoso, e ocorre nas áreas quentes, sombrias e inundáveis da Amazônia.

São plantas de rizoma curto e pseudobulbos muito pequenos, ovóides, algo alongados com uma única folha estreita bastante carnosa, lanceolada. A inflorescência emer¬ge das axilas das Baínhas foliares que guarnecem os pseudobulbos, é racemosa, pouco mais longa que as folhas, ereta ou arqueada, com muitas flores algo espaçadas, avermelhadas, que abrem em sucessão e comportam duas polínias.

Polyotidium, com Quekettia, Trizeuxis, Plectrophora, Cypholoron, e Pterostemma, forma de um dos sete subgrupos de pequenos gêneros, que coletivamente se constituem em um dos cerca de dez agrupamentos da subtribo Oncidiinae, cujos relacionamentos e classificação genérica e supragenérica, segundo critérios filogenéticos, ainda não estão bem delimitados.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • L. Watson and M. J. Dallwitz, The Families of Flowering Plants, Orchidaceae Juss.