Pompônio Mela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:
Representação do mundo, segundo Petrus Bertius, baseado em Pompônio Mela.

Pompônio Mela (português brasileiro) ou Pompónio Mela (português europeu) (em latim: Pomponius Mela) nasceu em Tingentera (Algeciras), no século I d.C., sendo contemporâneo da época do imperador Cláudio.

É autor de um compêndio geográfico que se compõe de três volumes de título "De Chorographia", que escreveu nos anos 40 do século I O terceiro livro refere-se às terras da Hispânia, Gália, Germânia, chega até Ásia e analisa parte do continente africano. Embora esta seja uma das primeiras obras onde se realiza uma análise puramente geográfica, não contém dados técnicos e alguma informação que transmite resulta equívoca.

Um dos apartados mais interessantes, são as descrições que realiza dos povos. Seu estilo literário recorda a Salústio, pela sua complicada retórica, obra que foi fonte de documentação para muitos autores, desde Plínio, até Petrarca. Durante o Renascimento foi um dos autores mais admirados da Antiguidade.

Assim descreve a Hispânia:

Cquote1.svg Hispânia mesma está rodeada do mar por todos os lugares menos por onde está em contato com a Gália e, embora por onde está unida a elas seja muito estreita, pouco a pouco se despregam para o Mare Nostrum (Mediterrâneo) e para o Oceano (Atlântico) e larga encaminha-se para Ocidente e ali faz-se amplíssima, sendo também abundante em homens, em cavalos, em ferro, em chumbo, em cobre, em prata, em ouro e até tal ponto fértil que, se em alguns sítios é estéril e diferente de sim mesma, contudo, nesses lugares produz linho ou esparto[desambiguação necessária] Pompônio Mela, "De Chorographia" (II, 5, 86) Cquote2.svg

Ligações externas[editar | editar código-fonte]