Pomponio Amalteo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pomponio Amalteo
Nascimento 1505
Motta di Livenza
Morte 9 de março de 1588 (83 anos)
San Vito al Tagliamento
Nacionalidade Itália italiano
Ocupação pintor
Pomponio Amalteo, A Virgem na Glória com São João Batista, São Ticiano e o doador, 1563.

Pomponio Amalteo (Motta di Livenza, 1505 – San Vito al Tagliamento, 9 de março de 1588) foi um pintor italiano da Escola de Veneza.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Amalteo nasceu em Motta di Livenza em Vêneto. Foi aluno e genro de Il Pordenone, cujo estilo ele imitou. Herdou o estúdio de Pordenone em Friul, onde teve uma longa carreira. Seus trabalhos consistem principalmente de afrescos e retábulos e muitos dos quais (por exemplo, na igreja de Santa Maria de Battisti e o retábulo de São Sebastião (1533) no duomo de San Vito al Tagliamento) se degradaram muito com o tempo. Cinco imagens que representam temas da história romana pintados por Amalteo adornam o Salão dos Notários em Belluno. Produziu também afrescos de uma série de juízes para uma arcada aberta no tribunal de justiça em Vittorio Veneto.

Suas sombras são mais fracas; as cores, mais brilhantes; e as proporções das figuras, menos elegantes, do que as de Pordenone, do qual ele foi provavelmente o mais talentoso dos seus alunos.

Presume-se que seu irmão Girolamo Amalteo o auxiliava em seus trabalhos. Sua filha Quintília Amalteo tinha a reputação de uma excelente retratista. Girolamo, além das obras em que ajudou seu irmão, executou pequenos quadros, pintou em afrescos, e produziu um retábulo para a igreja de San Vito. Outro aluno foi Sebastiano Seccante[1] .

Os membros da família Amalteo de Oderzo eram escritores. Morreu em San Vito al Tagliamento em 1588.

Notas

  1. James R. Hobbes. Picture collector's manual adapted to the professional man, and the amateur. [S.l.]: T&W Boone, 29 Bond Street; Digitized by Googlebooks, 1849. p. 4.

Referências

Wikisource  "Amalteo, Pomponio". Encyclopædia Britannica (11th). (1911). Ed. Chisholm, Hugh. Cambridge University Press. 

  • Hugh James Rose (1857). A New General Biographical Dictionary, Londres: B. Fellowes et al.
  • Sydney J. Freedberg. In: Pelican History of Art. Painting in Italy, 1500-1600. [S.l.]: Penguin Books Ltd, 1993. p. 357.