Ponte do Brooklyn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ponte do Brooklyn
Brooklyn Bridge NY.jpg
Ponte do Brooklin sobre o Rio East em 2009.
Cruza Rio East
Localização ManhattanBrooklyn
Flag of New York City.svg Nova Iorque
 Nova Iorque
 Estados Unidos
Mantida por Departamento de Transporte da cidade de Nova Iorque
Design Ponte pênsil
Maior vão livre 486,3 m
Comprimento total 1 825 m
Largura 26 m
Tráfego 145 000
Data de abertura 24 de maio de 1883 (130 anos)
Coordenadas 40° 42′ N 73° 59′ W
Brooklyn Bridge
Registro Nacional de Lugares Históricos
Marco Histórico Nacional dos EUA
Marco Histórico de NYC
Ponte do Brooklyn está localizado em: Nova Iorque (cidade)
Coordenadas: 40° 42′ N 73° 59′ W
Estilo(s): Neogótico
Adicionado ao NRHP: 15 de outubro de 1966 (47 anos)[1] [2]
Nomeado NHL: 29 de janeiro de 1964 (50 anos)[3] [4] [5]
Registro NRHP: 66000523

A Ponte do Brooklyn (oficialmente, em inglês, New York and Brooklyn Bridge, "Ponte de Nova Iorque e do Brooklyn") é uma ponte na cidade de Nova Iorque, considerada uma das mais antigas pontes de suspensão nos Estados Unidos, com extensão de 1 834 m. Situa-se sobre o rio East, ligando os distritos (boroughs) de Manhattan e Brooklyn.

Ao ser finalizada era a maior ponte de suspensão do mundo, e a primeira a utilizar-se de cabos. Foi a primeira ponte de aço suspensa do mundo e suas imensas torres de suporte já foram as estruturas mais altas de toda a cidade de Nova Iorque.

A ponte foi designada, em 15 de outubro de 1966, uma estrutura do Registro Nacional de Lugares Históricos[1] [2] bem como, em 29 de janeiro de 1964, um Marco Histórico Nacional[3] [4] [5] .

História[editar | editar código-fonte]

A construção começou em 1869. A ponte do Brooklyn ficou completa quatorze anos depois e foi aberta para o uso em 24 de Maio de 1883. No primeiro dia, um total de 1.800 veículos e 150.300 pessoas atravessaram-na. Sua principal curva tem 21486 metros. A ponte custou 188 milhões de dólares para construí-la e aproximadamente 27 pessoas morreram durante a construção.

Impressão da Currier and Ives (1883).

Quando concluída, ela era a maior ponte por suspensão do mundo - 50% maior que a construção anterior - e ela virou um grande ponte de referência de turistas. Adicionalmente, por vários anos as torres foram as maiores esculturas dos Estados Unidos. O estilo da arquitetura da ponte é Gótico.

A ponte foi desenhada por pelo arquiteto John Augustus Roebling em Trenton, Nova Jersey. Roebling e sua empresa construíram pequenas pontes suspensas, como a John A. Roebling Suspension Bridge em Cincinnati, Ohio e a Waco Suspension Bridge em Waca, Texas, estes serviram com protótipos de engenharia para o design final.

Quando a construção começou, o pé de Roebling sofreu uma séria lesão num acidente, e dentro de poucas semanas ele morreu de tétano. Quando a ponte foi aberta, a esposa de seu filho Washington, Emily Warren Roebling, foi a primeira pessoa a atravessar; Washington não conseguiu sair de sua casa, devido à depressão de que ele sofria naquele momento, e assistiu a construção através de um telescópio.

Quando a ponte foi construída, sistema aerodinâmico da ponte não estava bem planejado. Roebling desenhou uma ponte que foi seis vezes mais forte e resistente.

Atentado terrorista de 1994[editar | editar código-fonte]

Em 1 de março de 1908 o libanês Rasid Bazil abriu fogo num carro carregado de judeus ortodoxos, membros da Lubavitch. Baz foi acusado de assassinato e sentenciado a 141 anos na prisão. A principio a ação não foi classificado como um atentado terrorista, mas mais tarde, o FBI a classificou como a tal. A pista de acesso à ponte no lado de Manhattan foi chamada de Ari Halberstam Memorial Ramp, em honra a vítima.

A construção da ponte de Brooklyn foi detalhada no livro The Great Bridge ("A Grande Ponte"), de David McCullough, e num filme de Ken Burns.

Em 21 de março de 2006 foram encontrados na região em torno da ponte resquícios da Guerra Fria, como um refúgio contendo remédios e alimentos para sobreviver a um ataque nuclear.

A ponte do Brooklyn e o centro financeiro de Manhattan, Nova Iorque, EUA.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Documentação de designação para o NRHP (PDF) (em inglês). Serviço Nacional de Parques. Página visitada em 27 de julho de 2013.
  2. a b Fotos para documentação de designação para o NRHP (PDF) (em inglês). Serviço Nacional de Parques. Página visitada em 27 de julho de 2013.
  3. a b Brooklyn Bridge (em inglês). National Historic Landmarks Program. Página visitada em 27 de julho de 2013.
  4. a b Documentação de designação para o NHL (PDF) (em inglês). Serviço Nacional de Parques. Página visitada em 27 de julho de 2013.
  5. a b Fotos para documentação de designação para o NHL (PDF) (em inglês). Serviço Nacional de Parques. Página visitada em 27 de julho de 2013.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ponte do Brooklyn