Ponte do Rei Fahd

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ponte do Rei Fahd
King Fahd causeway satellite.png
Imagem de satélite da Ponte do Rei Fahd
Nome oficial جسر الملك فهد (Jisr al-Malik Fahd)
Cruza Golfo Pérsico
Localização Bahrein e Arábia Saudita
Mantida por Governo da Arábia Saudita
Design Diques e pontes em viga-caixão
Comprimento total 28 km
Largura 23 m
Início da construção 1981
Término da construção 1986
Data de abertura 1986
Coordenadas 26º10'57"N 50º20'9"W

A Ponte do Rei Fahd (em árabe جسر الملك فهد) é constituída por um conjunto de pontes e viadutos sobre o golfo Pérsico, com um comprimento de cerca de 25 quilómetros, ligando Khobar, na Arábia Saudita, ao arquipélago do Bahrain.

História[editar | editar código-fonte]

Em 8 de Julho de 1981 foi assinado o acordo para o início da construção desta infraestrutura.

O seu custo viria a atingir 1200 milhões de dólares, que foram suportados pelo estado Saudita.

Construção[editar | editar código-fonte]

Os trabalhos iniciaram-se a 11 de Novembro de 1982 com a presença do rei Fahad da Arábia Saudita e do xeique Isa bin Salman al-Khalifa do Bahrain.

Desta estrutura fazem parte cinco pontes, apelidadas Ponte I a Ponte V, com, respectivamente, 5194 m, 3334 m, 2034 m, 934 m e 934 m e vários viadutos no comprimento total de 12 430 metros.

Na construção, que durou quatro anos, foram usados 350 000 m³ de betão e 147 000 toneladas de aço reforçado.

A estrada, com uma largura de 25 metros e com quatro vias foi inaugurada a 25 de Novembro de 1986.

Números do trânsito[editar | editar código-fonte]

Em 2001 o tráfego da estrada atingiu os 2,7 millhões de viaturas, transportando um total de mais de 10 milhões de passageiros.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]