Ponto impróprio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Processo de perspectiva cavaleira, cujos pontos de fuga são pontos impróprios.

Em geometria projetiva, um ponto impróprio representa uma direção de reta, de forma que duas retas que, no plano euclidiano, seriam paralelas, no plano projetivo se interceptam no infinito.[1]

Chamado também de Ponto ideal. É notado por uma letra maiúscula acompanhada do símbolo do infinito P∞.[2]

Aplicações gráficas[editar | editar código-fonte]

Nos processos de perspectiva cônica, com um ou dois pontos de fuga, a projeção dos pontos impróprios se dá no quadro de visão, mais precisamente na linha do horizonte, é são conhecidos como pontos de fuga.[3]

Nos processos de perspectiva paralela, os pontos de fuga são impróprios, pois estes se encontram no infinito.[4]

Referências

  1. [1] Aulete, verbete ponto, acessado em 29 de julho de 2011.
  2. [2] Notação, USP, acessado em 29 de julho de 2011
  3. Mandarino, D.. Desenho Projetivo & Geometria Descritiva. [S.l.]: Plêiade, 1996. I-7 pp.
  4. French, T. E. & Vierck, C. J.. Desenho técnico e Tecnologia Gráfica. [S.l.]: Globo, 1985. p. 313.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre geometria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.