Ponto quântico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde fevereiro de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.


Ponto quântico, comumente abreviado por QD, do inglês quantum dot, é uma porção de matéria (usualmente de semicondutores), cujos buracos e elétrons estão confinados em todas as três dimensões espaciais. Devido à sua pequena dimensão, estas estruturas têm propriedades eletrônicas entre as de semicondutores macroscópicos e aqueles de moléculas discretas. O ponto quântico é uma nanoestrutura pontual, de um material com um certo gap sobre a superfície de um outro material de gap maior. Dessa forma, o elétron fica confinado nas três direções, dizemos então que este sistema apresenta dimensão zero. Tais estruturas, que confinam os portadores de cargas nas três dimensções, comportam-se como átomos artificiais, onde o potencial do núcleo é substituido pelo potencial de confinamento. O que resulta numa forte quantização dos níveis de energia.

Portal A Wikipédia possui o portal:


Portal A Wikipédia possui o portal:

Um ponto quântico é um cristal semicondutor com um diâmetro de alguns nanometros, também chamado de nanocristal, que devido ao seu diminuto tamanho se comporta com um poço de potencial que confina os elétrons nas três dimensões espaciais em uma região com tamanho da ordem do comprimento de onda de Broglie dos elétrons, alguns nanometros em um semicondutor.

Devido ao confinamento, os elétrons em um ponto quântico têm sua energia quantizada em valores discretos, como em um átomo. Por esta razão, pontos quânticos são por vezes chamados átomos artificiais. Os níveis de energia podem ser controlados mudando o tamanho e a forma do ponto quântico, e a profundidade de poço de potencial.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]