Pool of Radiance: Ruins of Myth Drannor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa



Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde fevereiro de 2010).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.

Pool of Radiance: Ruins of Myth Dranor é um RPG para PC baseado no mundo de Forgotten Realms, cenário da popular série de RPG de mesa Dungeons & Dragons, que atualmente está na versão 4, e publicado pela Ubisoft. Neste game, o jogador inicia com até quatro personagens, mas com o decorrer da partida, pode aumentar sua equipe para até seis personagens. É ambientado em Myth Drannor, uma cidade élfica de grande poder arcano.

História do jogo[editar | editar código-fonte]

Personagens[editar | editar código-fonte]

Raças[editar | editar código-fonte]

No mundo de D&D, raça significa não especificamente uma definição geográfica, como "asiático" ou "negro", mas uma espécie fantástica dentro do jogo. A raça define a sua origem, sua natureza, e diferenciam-se tanto quanto um cão de um gato. Cada raça é distinta das demais, possuindo fraquezas e poderes únicos.

Humano[editar | editar código-fonte]

Não há qualquer diferenciação entre humanos em PoR e os humanos no mundo real.
Se pudéssemos fazer uma comparação entre os humanos de D&D e os reais, diríamos que eles seriam bem parecidos com aqueles da idade média.
Humanos são bastante flexíveis e podem ser de qualquer classe.

Elfo[editar | editar código-fonte]

Parecidos com humanos, mas com estatura um pouco inferior (apesar do contrário, na obra O Senhor dos Anéis), elfos têm uma origem mística, intimamente ligada às forças arcanas.

Não se sabe exatamente a idade que um elfo pode atingir, mas em O Senhor dos Anéis, especula-se que suas vidas apenas terminam por mortes não naturais. Assim, um elfo poderia viver eternamente em uma floresta isolada, mas também morrer em combate contra um adversário.

Anão[editar | editar código-fonte]

Essa raça não deve ser confundida com "anões" como os conhecemos (aqui nos desprovemos de qualquer cunho pejorativo que esta palavra possa apresentar).

Os anões são uma raça forte, carrancuda e acostumada ao trabalho duro. Têem estatura baixa, corpo forte e caráter determinado. John Rhys-Davies interpretou um perfeito anão, carrancudo e direto em O Senhor dos Anéis.

Esta é a segunda a melhor raça para guerreiros.

Meio-Orc[editar | editar código-fonte]

Meio-orcs são cruzamentos de humanos com orcs. Caracterizam-se pela prodigiosa força física e uma limitação nas capacidades intelectuais e sociais.

Um meio-orc é um combatente temível e excelente como bárbaro (veja abaixo). Como combatente corpo-a-corpo, um bárbaro deve ser evitado a qualquer custo, pois eles são os personagens que mais podem sofrer dano - e também causar dano a um adversário.

Halfling (ou Hobbit)[editar | editar código-fonte]

Geralmente gordos e muito pequenos, halflings são semelhantes a humanos com cabelos ondulados e com baixa estatura, mas não iguais a anões, já que estes cultivam longas barbas. Seus pés são cobertos com pelos grossos e dificilmente os halflings usam calçados.

Apesar de preferirem o conforto do lar, essa raça dificilmente se mostrará covarde. Apesar de preferir o conforto de uma casa aconchegante, um halfling pode ter o espírito inflamado pela busca de aventura.

A destreza de um halfling é bastante conhecida.

Classes[editar | editar código-fonte]

Enquanto a raça de um personagem define sua origem e seus traços genéticos - inclusive poderes natos - a classe especifica a profissão, ou carreira, que o personagem adotará. Será um personagem da frente de batalha, combatendo o inimigo em lutas diretas, ou um curandeiro, um sacerdote, provendo os companheiros de curas miraculosas?

Homem de Armas[editar | editar código-fonte]

O homem de arma é provavelmente o personagem mais encontrado no jogo. São eles que se lançam na frente de batalha, trocando golpes com o inimigo, sofrendo todo o tipo de ataque, e defendendo os companheiros com menor grau de defesa, como magos e sacerdotes.

É possível encontrar homens de armas não apenas nas raças jogáveis, mas em qualquer outra que seja antagonista dos PJ. Um orc guerreiro é, também, um homem de armas.

Guerreiro[editar | editar código-fonte]

O arquétipo típico do homem de armas é o guerreiro, pronto a empunhar uma espada, um machado ou uma lança.

Esta classe vive ou morre por sua proficiência no domínio e manejo do escudo e da espada - ou outra arma que portar.

O atributo principal de um guerreiro é a Força (FOR), mas boas Constituições (CON) e Destreza (DES) ajudam bastante.

Bárbaro[editar | editar código-fonte]

Guerreiros terríveis, oriundos de regiões distantes e inóspitas, os bárbaros são temidos por sua fúria, determinação ante o perigo e total obstinação para atingir seus objetivos.

"Geralmente são analfabetos, com pouca consideração pelas leis e pelos refinamentos da civilização." (Pool of Radiance - As Ruínas de Myth Drannor. Manual do Jogo. Ubi Soft, Inc.)

Sendo rude e geralmente tendo força e constituição altas, é a melhor classe para atuar na frente de batalha, especialmente se combinado com a raça Meio-Orc. Desta forma, sempre é bom ter um desses lutadores ao seu lado.

Monges[editar | editar código-fonte]

Objetivando o total controle do corpo e da mente, monges se isolam em mosteiros distantes, onde buscam a perfeição do eu físico e espiritual.

O objetivo de saírem em busca de aventuras e perigos é testar suas capacidades e aproximar-se cada vez mais de seu ideal superando perigos.

jogar com essa classe é inusitado e diferente, pois ela possibilita combates que podem se desenrolar sem o uso de armas, em virtude da capacidade do monge, como, por exemplo, o "stunning attack" (ataque desarmado), que atordoa o adversário, ou o "deflect arrows", que permite ao personagem desviar-se de ataques de projéteis.

Sacerdotes[editar | editar código-fonte]

Se guerreiros e bárbaros vivem sob o punho de uma espada e de acordo com suas habilidades marciais, sacerdotes dedicam sua vida à adoração, devoção e empenho a uma dinvidade, esforçando-se a seguir seus ensinamentos.

A vida de um sacerdote é geralmente difícil e dirigida de acordo com os preceitos de sua divindade.

Clérigo[editar | editar código-fonte]

Clérigos são os sacerdotes usualmente encontrados nas aventuras de D&D. Seguidores de alguma divindade celestial, apresentam-se no meio termo entre um padre e um guerreiro. Geralmente é provedor de curas para seus companheiros.

Como servo de seu Deus, clérigos são melhores interpretados em RPG's de mesa, onde os jogadores podem representar com mais realismo as designações de sua divindade. Em Pool of Radiance, essa característica perde um pouco de sua autenticidade.

Paladino[editar | editar código-fonte]

O paladino se difere de um clérigo por seu desejo de erradicação completa do mal. Enquanto estes podem servir até uma divindade maligna, nunca haverá um paladino com tendência má. Desta forma, são lutadores ferrenhos quando a paz é ameaçada.

Em virtude de seu rígido juramento ao código de honra que seguem, a vida de um paladino não é fácil, mas o torna um guerreiro ferrenho e preservador da paz e harmonia.

Arcanos[editar | editar código-fonte]

Feiticeiros[editar | editar código-fonte]

Ladinos[editar | editar código-fonte]

Ladrões[editar | editar código-fonte]
Ranger (Exploradores)[editar | editar código-fonte]

Requisitos mínimos[editar | editar código-fonte]

  • Pentium II 400 MHz
  • 64MB de RAM
  • Placa 3D com 16MB de RAM
  • CD 8X
  • Placa de som
  • DirectX 8a

Itens relacionados[editar | editar código-fonte]

Além do próprio RPG Dungeons & Dragons, vários outros produtos com a mesma temática já foram lançados.

Provavelmente, o mais conhecido dentre todos é o livro e filme homônimo O Senhor dos Anéis, que, na verdade, foi a fonte para a criação de Dungeons & Dragons.

Na mídia televisiva, mais especificamente nos desenhos animados, destaca-se Caverna do Dragão, animação oitentista diretamente baseada no RPG e que, em inglês, tinha o mesmo nome.

Na mídia jogos eletrônicos, é preciso destacar o MMORPG Dungeons & Dragons Online: Stormreach, e os jogos Baldur's Gate, Neverwinter Nights e Neverwinter Nights 2, embora este último não tenha sido um sucesso tão grande quanto seu predecessor.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]