Porca Véia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Porca Véia
Porca Véia no CTG Galpão Campeiro, Erechim, em 18 de agosto de 2012
Nome completo Élio da Rosa Xavier
Nascimento 2 de março de 1952 (62 anos)
Lagoa Vermelha
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Acordeonista
Página oficial
http://www.porcaveia.com.br

Porca Véia, nome artístico de Élio da Rosa Xavier (Lagoa Vermelha, 2 de março de 1952) é um acordeonista e gaiteiro brasileiro.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Produtor rural até aos 16 anos, começou sua carreira artística com seis anos de idade por influência da família, onde havia muitos músicos amadores. Fez um curso técnico agrícola, quando ganhou o apelido que é hoje seu nome artístico. Participou de muitos festivais e apresentou-se com Kleiton e Kledir nas melhores casas de espetáculo do Brasil, como o Canecão do Rio de Janeiro e no Palace em São Paulo. Foi aluno dos Irmãos Bertussi, que até hoje ele reverencia tocando a música Bertussi nos bailes.

Criou e dirige o grupo musical Cordiona, um grupo de baile fandangueiro. Recebeu vários títulos, como cidadão Honorário, comendador da Brigada Militar, Amigo da Brigada, Destaque Musical. Tem 15 CDs gravados e um DVD. Ganhou duas vezes o Disco de Ouro.

Casou-se no dia 28 de agosto de 2009, em Curitibanos, com a catarinense Claudinéia Aparecida Bossardi. Depois de 33 anos nos palcos Porca Véia anunciou que sua carreira artística terminará no fim 2013. Porca Véia , finalizou sua carreira em 28 de dezembro de 2013, no pavilhão da festa da uva, em um mega show com a presença de quase 5 mil pessoas, contou também com convidados como Renato Borghetti, Yamandú Costa, Daltro Bertussi e Luiz Carlos Borges.[2]

Referências

  1. Giovani Grizotti (16 de abril de 2013). Porca Véia anuncia fim da carreira (em português). Portal G1. Página visitada em 22 de abril de 2013.
  2. Porca Véia despede-se dos palcos com show animado nos Pavilhões, em Caxias