Porta-aviões japonês Hiryū

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «Japanese aircraft carrier Hiryū» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (dezembro de 2014)
Hiryū
Carreira   Bandeira da marinha que serviu Japão
Construção 1936-39
Batimento de quilha 8 de Julho de 1936, Yokosuka
Lançamento 15 de Novembro de 1937
Comissionamento 5 de Julho de 1939
Estado Retirado do registro em 25 de setembro de 1942
Fatalidade Afundado por ataque aéreo na Batalha de Midway em 5 de Junho de 1942
Características gerais
Tipo de navio Navio aeródromo
Deslocamento 19 500 t (43 000 000 lb)
Comprimento 222 m (728 ft)
Boca 21 m (68,9 ft)
Calado 7,44 m (24,4 ft)
Propulsão Gerador por turbina a vapor
152 000 hp (113 000 kW)
4 eixos
Velocidade 34,5 kn (63,9 km/h)
Autonomia 10 330 m.n. (19 100 km) à 18 kn (33,4 km/h)
Armamento 12x canhões de 127 mm (5,00 in)
26x canhões anti-aéreos de 25 mm (0,984 in)
15x metralhadoras de 13,2 mm (0,520 in)
Aeronaves 73
Tripulação 1250

Hiryū (em japonês: 飛龍, "dragão voador") - foi um porta-aviões classe Sōryū. Participou do ataque a Pearl Harbor iniciando a Guerra do Pacífico, e foi destruído em 5 de junho de 1942 por um ataque aéreo na batalha de Midway.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Porta-aviões japonês Hiryū
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.