Porta do Inferno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Porta do Inferno (Musée Rodin).

Porta do Inferno (La Porte de l'Enfer, em francês) é uma escultura de Auguste Rodin, iniciada em 1880 e finalizada apenas em 1917.

A obra foi encomendada em 1880 como um conjunto de portais a ser instalado no Cour de Comptes, no Museu de Artes Decorativas de Paris, que havia sofrido um incêndio. Foi o próprio Rodin quem escolheu como tema a Divina Comédia de Dante.

Feita em bronze, traz 180 figuras com dimensões que variam de 15 cm a mais de um metro. Diversas figuras foram reproduzidas em tamanho maior como esculturas independentes. Entre elas estão O Pensador, O Beijo e As Três Sombras[1] .


Referências

  1. A Porta do Inferno. Centro de História da Arte e Arqueologia da Universidade Estadual de Campinas

Ligações externas[editar | editar código-fonte]