Portal:Astronomia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Anexos por tema · Glossários · Índice A-Z

Astronomia

O nosso conhecimento sobre astronomia evolui graças ao desenvolvimento de novos aparelhos, especialmente o telescópio.

A Astronomia é uma ciência natural que estuda corpos celestes (como estrelas, planetas, cometas, nebulosas, aglomerados de estrelas, galáxias) e fenômenos que se originam fora da atmosfera da Terra (como a radiação cósmica de fundo em micro-ondas). Ela está preocupada com a evolução, a física, a química, e o movimento de objetos celestes, bem como a formação e o desenvolvimento do universo. Desde o surgimento das primeiras civilizações, eram feitas observações metódicas do céu. Contudo, a invenção do telescópio revolucionou o estudo dos astros, revelando cada vez mais detalhes à medida que esses equipamentos foram sendo desenvolvidos. Atualmente a astronomia divide-se em diversos campos de pesquisa nos quais o alvo e o modo de obtenção de dados diferem.


Artigos selecionados

Concepção artística de Sírius e sua estrela companheira anã-branca

Uma estrela é uma grande e luminosa esfera de plasma, mantida íntegra pela gravidade. Ao fim de sua vida, uma estrela pode conter também uma proporção de matéria degenerada. A estrela mais próxima da Terra é o Sol, que é a fonte da maior parte da energia do planeta. Outras estrelas são visíveis da Terra durante a noite, quando não são ofuscadas pela luz do Sol ou bloqueadas por fenômenos atmosféricos. Historicamente, as estrelas mais importantes da esfera celeste foram agrupadas em constelações e asterismos, e as estrelas mais brilhantes ganharam nomes próprios. Extensos catálogos de estrelas foram compostos pelos astrônomos, o que permite a existência de designações padronizadas.

Sabia que...

  • A luz do sol quando refletida pela lua, demora em média 1,3 segundos para completar a distância que a separa da Terra?
  • Em 1957 foi enviado ao espaço a cadelinha Laika, pela antiga União Soviética Foi a primeira vítima espacial, pois não foi projetado que o animal viesse a ser recuperado.
  • A velocidade da luz é 299 792 458 m/s?
  • A estrela mais próxima de nós depois do Sol foi descoberta em 1915 pelo astrônomo Robert Innes e é chamada Proxima Centauri sendo que a sua luz demora 4,22 anos para chegar a Terra?
  • A distância que separa a lua da Terra corresponde, em média, a 384.000 km enquanto que 384 unidades dessas, completam a distância que separa a Terra do Sol ?
  • Uma amostra da poeira do cometa Wild 2 coletada pela sonda espacial Stardust encontra-se em estudos nos laboratórios da NASA?
  • A temperatura média na superfície do Sol é 5.500°C e no seu núcleo, 15.000.000°C ?
  • Existem 5 planetas-anões no Sistema Solar (do mais próximo do Sol para o mais afastado): Ceres, Plutão, Haumea, Makemake e Éris?
  • Graças à emissão de ondas de rádio, sons minimos, radiação e frequências eletromagnéticas é possível ouvir sons dos planetas com leitores especializados e amplificadores.
  • O planeta Kepler-186f tem a massa e diâmetro semelhantes à Terra, se encontra na zona habitável de sua estrela e é um planeta rochoso, há rumores que ele possa abrigar vida.
  • Devido à densidade de Saturno ser inferior á da água o mesmo se fosse colocado sobre um mar gigantesco flutuaria.
  • Ao contrário do que muitos filmes, séries e desenhos afirmam, é impossível que o som se propague no espaço. O mesmo depende do ar para se propagar.
  • Uma bomba atômica explodiria sim no espaço. A única diferença foi a citada acima (não existiria som).
  • A Grande Mancha Vermelha de Júpiter é maior que a Terra e dura mais de 300 anos!
  • Marte não possui campo magnético.
  • A Lua é maior que Plutão.
  • Vênus é o planeta mais quente do sistema solar apesar de estar mais longe de Mercúrio, o motivo é que Vênus tem atmosfera, e Mercúrio não.
  • Ganímedes, um dos satélites de Júpiter, é maior que Mercúrio.
  • A sonda Venera 4 foi a primeira sonda a pousar em outro planeta, e conseguiu devolver dados do planeta para a Terra, devido a alta pressão atmosférica de Vênus ela foi esmagada. A sonda Venera 9 foi a primeira a retornar imagens do planeta.[1]


Referências

Efemérides

Outubro

  • 1 Lua ao lado da estrela Subra (omicron Leonis) e do planeta Marte. Visível das 4:30 UTC até antes do amanhecer. Mercúrio, Saturno e Vênus fazem um triângulo celeste no primeiro entardecer do mês de outubro de 2013.
  • 2 Lua com luz cinérea nascendo por volta das 4:15 UTC. Marte estará a esquerda e o brilhante Júpiter estará acima, na constelação de Gêmeos.
  • 3 Urano em oposição.
  • 4 Lua Nova às 21:33 UTC. Início da lunação 1123.
  • 5 Júpiter nasce a Leste por volta das 1:00 UTC, com as luas Io e Europa, passando na frente do gigante gasoso. Não observável a olho nu.
  • 6 Mercúrio, Lua com luz cinérea e Saturno dão o show ao entardecer. Os astros irão formar um triângulo celeste, separado somente 4º em distância angular. Acima estará o brilhante planeta Vênus.
  • 9 Mercúrio na maior elongação, a 25º do Sol.
  • 10 Lua no perigeu, mais perto da Terra, a 369.814 km.
  • 14 Após as 3:00 UTC, Marte nasce ao lado da estrela Regulus na constelação de Leão (Alpha Leonis), sendo visível até antes do amanhecer. Lua Crescente, próxima de Netuno na constelação de Aquário. Visível somente com telescópios, após o anoitecer.
  • 16 Vênus ao lado da gigante vermelha Antares (Alpha Scorpii), na constelação de Escorpião.
  • 17 Ao pôr da Lua, começa a temporada de "caça" ao cometa ISON no final da madrugada, por enquanto, visível somente com telescópios. O cometa C/2012 S1 (ISON) neste dia está abaixo de Marte.
  • 18 Lua Cheia e Eclipse Penumbral. Último eclipse lunar visível no Brasil em 2013.
  • 21 Pico da Chuva de Meteoros Orionídeas.
  • 22 Lua ao lado da estrela Aldebaran (Alpha Tauri), na constelação de Touro.
  • 25 Lua no apogeu, mais distante da Terra a 404.557 kms.
  • 26 Lua ao lado de Júpiter, na constelação de Gêmeos.
  • 27 Lua no apogeu. Maior distância do centro da Terra com centro da Lua com 404.308 km. Início de observação da Luz cinérea da Lua.
  • 29 Triângulo celeste da Lua com Regulus (Alpha Leonis) e Marte, visível a partir das 3:30 até antes do amanhecer.
  • 30 Lua ao lado de Marte, na constelação de Leão.
  • 31 Marte, Cometa Ison e Lua dão o show antes do amanhecer no último dia de outubro de 2013.

Imagem selecionada

Notícias

Grandes telescópios

O Observatório de raios-X Chandra é um telescópio espacial lançado pela NASA e gerenciado pelo Laboratório de Jato-Propulsão, lançado em 23 de julho de 1999. Foi assim chamado em honra do físico indiano Subrahmanyan Chandrasekhar. O Observatótio Chandra é a terceira missão da NASA pertencente aos Grandes Observatórios Espaciais - Great Observatories Program, consistindo numa família de quatro observatórios orbitais, cada um deles observando o universo em um comprimento de onda diferente: luz visível, raios gama, raios-X e infravermelho. O primeiro foi o Telescópio Espacial Hubble e o segundo foi o Observatório de raios Gama Compton.


Categorias

Coisas a fazer

A maior parte dos artigos relacionados à Astronomia não estão com qualidade considerada satisfatória. Devido à abrangência e à diversidade dos temas, muitos continuam sendo somente esboços, enquanto outros sofrem de muitos problemas como falta de referências e má formatação. Por isso sua ajuda é muito importante. Se você se interessa por temas relacionados ao espaço, ajude a melhorar a qualidade dos artigos, de forma a construir uma enciclopédia livre onde o conteúdo de qualidade é acessível a todos. A seguir estão algumas dicas de como você pode contribuir.

Crystal Clear action configure.png
  • Se você ainda não está familiarizado com as ferramentas de edição da Wikipédia, dê uma olhada nesse simples tutorial com dicas simples, mas valiosas;
  • Melhore a qualidade dos artigos sobre os objetos celestes. Muitos deles carecem de fontes, o que compromete sua credibilidade;
  • Ajude a manter este portal atualizado. Dê sugestões de novos artigos, imagens e notícias que podem ser incluídas nas seções acima. Se quiser fazer uma crítica, sugestão ou elogio sobre o portal em geral, utilize a página de discussão.
  • Coloque a predefinição {{Portal3|Astronomia}} no rodapé dos artigos sobre os corpos celestes em geral (o resultado está abaixo). Dessa forma você ajuda a divulgar este portal.
  • Portal da astronomia

Portais e Wikiprojetos relacionados

Nuvola apps kalzium.svg Portal da Ciência - Portal da Física - Portal da Química - Celestia.png Portal do Sistema Solar - Earths Moon.svg Portal da Lua

Este portal faz parte do Wikiprojeto Ciência que visa melhorar os artigos dessa área. Participe!


Wikimedia

Astronomia no Wikinotícias     Astronomia no Wikiquote     Astronomia no Wikilivros     Astronomia no Wikisource     Astronomia no Wikcionário     Astronomia na Wikiversidade     Astronomia no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Imagens e mídia
//pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/AstronomiaWikinews-logo.png
//pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/AstronomiaWikiquote-logo.svg
//pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/AstronomiaWikibooks-logo.png
//pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/AstronomiaWikisource-logo.svg
//pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/AstronomiaWiktionary-logo-en.svg
//pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/AstronomiaWikiversity-logo.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:AstronomiaCommons-logo.svg