Portal:Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Anexos por tema · Glossários · Índice A-Z

(Atualizar Conteúdos)

Portal Suécia


Sverige FlaggKarta.svg
Este portal pretende reunir informações sobre os mais variados temas relacionados com a Suécia.


Suécia

Flag of Sweden.svg
Greater coat of arms of Sweden.svg
Mapa de localização.

A Suécia é um país da Escandinávia, limitado a oeste e norte pela Noruega, a leste pela Finlândia e pelo Golfo de Bótnia, a sul pelo Mar Báltico e a oeste pelo estreito de Kattegat, que a separa da Dinamarca. Economicamente próspero, é membro da União Europeia desde 1 de Janeiro de 1995. Sua maior cidade é Estocolmo, que também é sua capital política. Gotemburgo é sua segunda maior cidade e Malmö é sua terceira maior cidade. Tendo uma área de 449.964 km², é o terceiro maior país da Europa Ocidental e o quarto maior do continente europeu, com uma população total de 9,2 milhões de habitantes. A Suécia é o país mais visitado entre os países nórdicos e é um país pacífico, não tendo se envolvido em guerras diretas desde 1814, seu último confronto militar.

A Suécia emergiu como um país independente e unificado durante a Idade Média. No século XVII o país expandiu seus territórios para formar o Império Sueco. A maior parte dos territórios conquistados fora da Península Escandinava foram perdidos durante os séculos XVIII e XIX. A metade oriental da Suécia, o que hoje é a Finlândia, foi perdida para a Rússia em 1809. A última guerra na qual a Suécia esteve diretamente envolvida foi em 1814, quando a Suécia forçou por meios militares a Noruega a se juntar ao país e criar o Reino da Suécia e Noruega, uma união que durou até 1905. Desde então, a Suécia ficou em paz, com a adoção de uma política externa não-alinhada em tempos de paz e de neutralidade em tempo de guerra.

Artigo destacado aleatório

Estocolmo, parte antiga

Estocolmo é a capital e maior cidade da Suécia. É a sede do governo sueco, representado na figura do Riksdag, parlamento nacional do país, além de ser a residência oficial dos membros da monarcarquia sueca. Em 2008, a área metropolitana de Estocolmo era o lar de cerca de 21% da população da Suécia e contribuia com mais de 1/3 do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Segundo dados de 2010, a cidade de Estocolmo propriamente dita tinha uma população de 807 311 habitantes, enquanto que a área urbana (em sueco tätort) tinha cerca de 1,3 milhão de moradores, e sua região metropolitana, a maior aglomeração urbana do país, que engloba as demais cidades periféricas ou próximas de Estocolmo, além dela própria, cerca de 2 milhões.

Estocolmo é o maior e mais importante centro urbano, cultural, político, financeiro, comercial e administrativo da Suécia desde o século XIII. Sua localização estratégica sobre 14 ilhas no centro-sul da costa leste da Suécia, ao longo do lago Mälaren, tem sido historicamente importante. Uma vez que a capital sueca está situada sobre ilhas conhecidas por sua beleza, a cidade é destino de turistas de todo o mundo, tendo sido apelidada nos últimos anos de "Veneza do Norte". Estocolmo é conhecida pelos seus edifícios e monumentos extremamente bem preservados, por seus arborizados parques, por sua riquíssima vida cultural e gastronômica, e pela gigantesca qualidade de vida que oferece à seus moradores. Há décadas, Estocolmo figura como uma das cidades mais visitadas dos países nórdicos, com mais de um milhão de turistas internacionais anualmente. Nos últimos anos, tem sido citada entre as cidades mais "habitáveis" do mundo, sendo uma das mais limpas, organizadas e seguras do mundo.


História

A expansão da Suécia

Na História da Suécia a ocupação do país tem início pelo sul durante a Idade da Pedra, quando o gelo resultante da última glaciação recuou. Pensa-se que os primeiros habitantes foram povos caçadores e recolectores que viviam daquilo que o mar (Mar Báltico) lhes fornecia e que teriam chegado a região, seguindo as renas, sua presa típica. Durante a Idade do Bronze, o desenvolvimento populacional fez com que o sul da Suécia fosse densamente povoado, como atestam as ruínas de grandes comunidades comerciais. Alguns Estados estabelecem-se, próximo ao Lago Mälaren no século I a.C.e também um com sede na cidade de Uppsala. Estes reinos foram unificados pela primeira vez entre os séculos VI e IX e logo se segue a Era Viking na Suécia em que os suecos conquistaram regiões do Báltico e da Rússia até o Mar Negro.

A cristianização do país tem início com a chegada de missionários alemães e ingleses no século XI. Em 1397 os quatro países escandinavos foram reunidos através de linhagens e casamentos na União de Kalmar, mas a disputa entre os nobres de cada país pelo trono os separou no início do século XVI.

Imagem aleatória

Categorias

Você sabia

...que o arranha-céu Turning Torso é o edifício mais alto da Suécia e o segundo prédio de apartamentos mais alto da Europa?

...que uma das pessoas mais ricas do mundo, Ingvar Kamprad, é sueco?

...que a Ponte do Øresund, que liga a Suécia à Dinamarca, é a maior ponte rodoferroviária da Europa?

...que a Suécia não tinha uma língua oficial até 2009?

...que o maior modelo do Sistema Solar e a maior construção esférica do mundo fica na Suécia?


Biografia selecionada

Carlos XVI Gustavo da Suécia

Carlos XVI Gustavo da Suécia (nascido: Carl Gustaf Folke Hubertus Bernadotte) GColSEGColIH (Palácio de Haga, Solna, 30 de Abril de 1946) é membro da casa de Bernadotte, é o atual rei, e, consequentemente, chefe de Estado do Reino da Suécia, desde 15 de Setembro de 1973, sucedendo seu avô, rei Gustavo VI Adolfo da Suécia, já que seu pai havia morrido antes de assumir o trono. Filho do Príncipe Gustavo Adolfo, Duque de Västerbotten e da Princesa Sibila de Saxe-Coburgo-Gota.

Diferente de muitos outros monarcas Europeus que tem estilos extensos, Rei Carlos tem um estilo completamente formal, sendo apenas Sua Majestade Carlos XVI Gustavo, Rei da Suécia.

Carlos XIV também é o 203º na linha de sucessão ao trono Britânico.

Predefinições

Séries
Esboços
Ligações
Outros


Wikimedia

Suécia no Wikinotícias     Suécia no Wikiquote     Suécia no Wikilivros     Suécia no Wikisource     Suécia no Wikcionário     Suécia na Wikiversidade     Suécia no Wikivoyage     Suécia no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Guias de viagem Imagens e mídia
//pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/Su%C3%A9ciaWikinews-logo.png
//pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/Su%C3%A9ciaWikiquote-logo.svg
//pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/Su%C3%A9ciaWikibooks-logo.png
//pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/Su%C3%A9ciaWikisource-logo.svg
//pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/Su%C3%A9ciaWiktionary-logo-en.svg
//pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Su%C3%A9ciaWikiversity-logo.svg
//pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Su%C3%A9ciaWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:Su%C3%A9ciaCommons-logo.svg