Porto Xavier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Porto Xavier
Bandeira de Porto Xavier
Brasão de Porto Xavier
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 15 de maio
Fundação 1 de junho de 1966 (48 anos)
Gentílico porto-xavierense
Prefeito(a) Paulo Sommer (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Porto Xavier
Localização de Porto Xavier no Rio Grande do Sul
Porto Xavier está localizado em: Brasil
Porto Xavier
Localização de Porto Xavier no Brasil
27° 54' 21" S 55° 08' 16" O27° 54' 21" S 55° 08' 16" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Cerro Largo IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Porto Lucena, São Paulo das Missões, Roque Gonzales e San Javier  Argentina
Distância até a capital 570 km
Características geográficas
Área 280,511 km² [2]
População 10 560 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 37,65 hab./km²
Altitude 115 m
Clima Subtropical úmido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,762 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 235 593,565 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 21 138,95 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.portoxavier.rs.gov.br/

Porto Xavier é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 27° 54' 20" Sul e a uma longitude 55° 08' 15" Oeste, estando a uma altitude de 115 metros do nível do mar.

Possui uma área de 269,15 km² e sua população, segundo o Censo 2010, é de 10 551 habitantes.

É um município que conta com as águas do rio Uruguai e que tem fronteira fluvial com a Argentina, sendo que o transporte de cargas e pessoas é feito através do Porto Internacional de Porto Xavier.

História[editar | editar código-fonte]

Porto Xavier é um dos recentes municípios do Alto Uruguai. Seu povoamento deu-se pelo ano de 1870 com o nome inicial de "São Francisco Xavier". Teve outros nomes como "São Xavier", "Cerro Pelado" e consolidou-se como Porto Xavier (já que a cidade possui um Porto Internacional no Rio Uruguai, divisa com a Argentina) e ser esse o nome original.

A origem do atual território começa com as Reduções Jesuíticas fundadas pelo Padre Roque Gonzales, na primeira metade do século XVII, na Região das Missões.

Historiadores relatam que a povoação começa com a Fundação da Redução de San Javier, no ano 1626, em frente a esta cidade e no mesmo nome, na margem direita do rio Uruguai, bem como a Redução de Assunção do Ijuí, no ano de 1628, distante cerca de 15 km de Porto Xavier.

Em 1916, com a criação da Mesa de Renda Alfandegadas, passa a denominar-se Porto Xavier. A importância da localização geográfica de Porto Xavier, como elo da ligação e intercâmbio entre Brasil e Argentina fica bem evidenciada.

Porto Xavier era parte integrante do Município de São Luiz Gonzaga. Em 15 de maio de 1966, toma posse o primeiro administrador, interventor Federal, nomeado pelo Presidente da república, Com isso Porto Xavier efetivamente passa a Município, tornando-se independente política e administrativamente.

Porto Xavier localiza-se na região Noroeste do Estado, fazendo divisa com a República Argentina. Possui área de 275Km2 e um porto internacional habilitado para importação e exportação de produtos diversos. O município possui a única destilaria de álcool em atividade no Estado, produzindo combustível para consumo próprio. Existe uma Inspetoria da Receita Federal e um posto da Polícia Federal no município.

Economia[editar | editar código-fonte]

Porto Xavier foi, dentre os municípios do Rio Grande do Sul, aquele que teve o maior crescimento da Renda Per Capita (em porcentagem) entre os anos de 2004 e 2008. Com um PIB de R$ 71.095.551,00 em 2004, atingiu R$ 235.593.565,00 em 2008, com o nº de habitantes praticamente inalterado. Neste período (2004-2008) a Renda Per Capita do Município cresceu 231,38%. IBGE/2008[5]

Entre os anos de 1999 e 2008, dentre os municípios do Rio Grande do Sul, Porto Xavier foi o município que teve o 8º maior crescimento do PIB, passando de R$ 44.161.391,00 em 1999 para R$ 235.593.565,00 em 2008. Neste período (1999-2008) a Renda Per Capita do Município cresceu 433,48%. IBGE/2008[5]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 de dezembro de 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b c d Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 de dezembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.