Porto Xavier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Porto Xavier
Bandeira de Porto Xavier
Brasão de Porto Xavier
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 15 de maio
Fundação 1 de junho de 1966 (48 anos)
Gentílico porto-xavierense
Prefeito(a) Paulo Sommer (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Porto Xavier
Localização de Porto Xavier no Rio Grande do Sul
Porto Xavier está localizado em: Brasil
Porto Xavier
Localização de Porto Xavier no Brasil
27° 54' 21" S 55° 08' 16" O27° 54' 21" S 55° 08' 16" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Cerro Largo IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Porto Lucena, São Paulo das Missões, Roque Gonzales e San Javier  Argentina
Distância até a capital 570 km
Características geográficas
Área 280,511 km² [2]
População 10 560 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 37,65 hab./km²
Altitude 115 m
Clima Subtropical úmido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,762 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 235 593,565 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 21 138,95 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.portoxavier.rs.gov.br/

Porto Xavier é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 27° 54' 20" Sul e a uma longitude 55° 08' 15" Oeste, estando a uma altitude de 115 metros do nível do mar.

Possui uma área de 269,15 km² e sua população, segundo o Censo 2010, é de 10 551 habitantes.

É um município que conta com as águas do rio Uruguai e que tem fronteira fluvial com a Argentina, sendo que o transporte de cargas e pessoas é feito através do Porto Internacional de Porto Xavier.

História[editar | editar código-fonte]

Porto Xavier é um dos recentes municípios do Alto Uruguai. Seu povoamento deu-se pelo ano de 1870 com o nome inicial de "São Francisco Xavier". Teve outros nomes como "São Xavier", "Cerro Pelado" e consolidou-se como Porto Xavier (já que a cidade possui um Porto Internacional no Rio Uruguai, divisa com a Argentina) e ser esse o nome original.

A origem do atual território começa com as Reduções Jesuíticas fundadas pelo Padre Roque Gonzales, na primeira metade do século XVII, na Região das Missões.

Historiadores relatam que a povoação começa com a Fundação da Redução de San Javier, no ano 1626, em frente a esta cidade e no mesmo nome, na margem direita do rio Uruguai, bem como a Redução de Assunção do Ijuí, no ano de 1628, distante cerca de 15 km de Porto Xavier.

Em 1916, com a criação da Mesa de Renda Alfandegadas, passa a denominar-se Porto Xavier. A importância da localização geográfica de Porto Xavier, como elo da ligação e intercâmbio entre Brasil e Argentina fica bem evidenciada.

Porto Xavier era parte integrante do Município de São Luiz Gonzaga. Em 15 de maio de 1966, toma posse o primeiro administrador, interventor Federal, nomeado pelo Presidente da república, Com isso Porto Xavier efetivamente passa a Município, tornando-se independente política e administrativamente.

Porto Xavier localiza-se na região Noroeste do Estado, fazendo divisa com a República Argentina. Possui área de 275Km2 e um porto internacional habilitado para importação e exportação de produtos diversos. O município possui a única destilaria de álcool em atividade no Estado, produzindo combustível para consumo próprio. Existe uma Inspetoria da Receita Federal e um posto da Polícia Federal no município.

Economia[editar | editar código-fonte]

Porto Xavier foi, dentre os municípios do Rio Grande do Sul, aquele que teve o maior crescimento da Renda Per Capita (em porcentagem) entre os anos de 2004 e 2008. Com um PIB de R$ 71.095.551,00 em 2004, atingiu R$ 235.593.565,00 em 2008, com o nº de habitantes praticamente inalterado. Neste período (2004-2008) a Renda Per Capita do Município cresceu 231,38%. IBGE/2008[5]

Entre os anos de 1999 e 2008, dentre os municípios do Rio Grande do Sul, Porto Xavier foi o município que teve o 8º maior crescimento do PIB, passando de R$ 44.161.391,00 em 1999 para R$ 235.593.565,00 em 2008. Neste período (1999-2008) a Renda Per Capita do Município cresceu 433,48%. IBGE/2008[5]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 de dezembro de 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b c d Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 de dezembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.