Positivo Informática

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Positivo Informática S/A
Slogan Pense Positivo
Tipo Empresa de capital aberto
(Bovespa:POSI3)
Indústria Informática
Fundação 1989 (25 anos)
Sede Brasil Paraná, Brasil
Pessoas-chave Hélio Bruck Rotemberg
Empregados 6.400
Produtos Hardware, Tecnologia educacional
Certificação ISO 9001
ISO 14001[1]
Parentesco Grupo Positivo
Página oficial www.positivoinformatica.com.br

Positivo Informática (POSI3) é uma empresa brasileira, localizada em Curitiba, que faz parte do Grupo Positivo. A ideia de fundar a empresa surgiu em 1989, a partir de uma necessidade detectada pelos alunos de informática das Faculdades Positivo. Desenvolvendo produtos inovadores, que combinavam alta tecnologia e preços acessíveis.

A fabricante é a décima maior fabricante de computadores do mundo, e a segunda maior fabricante de computadores do brasil. Em seu portfolio contempla computadores, tablets, smartphones, Dicionário Aurélio Digital, jogos eletrônicos; dentre outros.

Atualmente a empresa atua na Argentina e Uruguai desde 2010 quando entrou com capital para 50% da empresa Informática Fueguina S.A. formando uma Join Venture [2] com a empresa Argentina BGH, passando a produzir produtos sob a marca Positivo BGH. Em novembro de 2014, anuncia um novo acordo com a BGH para expansão de suas operações para a África[3] , cujo início foi marcado pela assinatura de contrato com o governo de Ruanda para produção e venda de computadores sob a marca Positivo BGH no mercado local.

Tablets[editar | editar código-fonte]

Sob a marca YPY (Primeiro em Tupi-Guarani), a empresa lançou em Setembro de 2011 sua primeira linha de tablets com apenas duas opções de modelos: YPY7" (WiFi/3G - WiFi) e YPY9,7" (WiFi/3G - WiFi). Em seu lançamento possuía uma loja de livros digitais com mais de 5 mil títulos e, posteriormente recebeu uma loja de músicas similar à iTunes, chamada Positivo Música. A empresa disponibilizou algumas músicas gratuitas de artistas como Ivete Sangalo, Seu Jorge, Mariana Aydar, Zeca Pagodinho, entre outros no seu lançamento.

Atualmente a linha conta com aproximadamente 8 modelos de aparelhos, e conta com diferenças como versões do sistema, compatibilidade com TV Digital, rede de dados moveis e processador (sendo estes em sua maioria das marcas Intel e Qualcomm).

Smartphones[editar | editar código-fonte]

Em 2012 foi iniciada a fabricação (importação) de modelos de celulares e smartphones. Os primeiros modelos de aparelho contavam com o sistema operacional Android 4.0 (Ice Cream Sandwich), suporte para dois chips e outros diferenciais. Atualmente a linha conta com oito (8) aparelhos sensíveis ao toque Android, e dois (2) aparelhos simples. A novidades são em 2014 a chegada de aparelhos com configurações brevemente mais avançadas, apresentando custo-benefício atraente; e o surgimento dos primeiros com TV Digital. A empresa possui certificação Google, o que garante que o aparelho foi testado pela criação do SO e assim garante uma melhor qualidade dos produtos comercializados.

Notebook[editar | editar código-fonte]

Um dos produtos mais vendidos pela empresa são os notebooks, que possuem valores competitivos no mercado, o que garante elevados números de venda à fabricante em terras tupinquins. Atualmente possuí sete (7) modelos entre híbridos (tablet e notebook), Premium, notebooks com telas sensíveis ao toque e com telas convencionais LCD. Todos estes modelos possuem diversas variações com diferenças de armazenamento, processamento ou TV Digital, e em sua maioria detém o Windows 8 como sistema operacional, vide raras exceções.

Desktops[editar | editar código-fonte]

  • Positivo Premium PCTV
  • Positivo PC da Familia
  • Positivo PCTV
  • Positivo Mini
  • Positivo Master
  • Positivo Union (All in One)

Positivo BGH[4] [editar | editar código-fonte]

Após um investimento de 8 milhões de dólares em 2010, a Positivo criou uma Join Venture com a empresa BGH que possuía importante experiência de mais de 100 anos de mercado argentino (com a fabricação de celulares, computadores e uma completa linha de Áudio/Vídeo) e já atuava no Uruguai desde 1997. Em 2011, seu primeiro ano de fabricação na Terra do Fogo (AR), a Positivo BGH comercializou cerca de 279 mil notebooks para o Governo Federal. A fábrica da Informática Fueguina produz desktops, netbooks, leitores eletrônicos e tablets.

Em novembro de 2014 a Informática Fueguina S.A anunciou a primeira fábrica no continente africano, com um acordo visando comercializar cerca de 750 mil notebook para o governo da Ruanda. Os primeiros lotes já serão entregues no início de 2015 para o Ministério da Educação, que entregará os computadores com software educacional pré-instalado para alunos dos ensinos Fundamental e Médio. A fábrica da empresa conta com uma estrutura de 7,5 mil m² e tem capacidade de produzir pelo menos 60 mil aparelhos eletrônicos por mês. Somente a primeira fase do negócio garantirá a venda de 150 mil unidades de computadores ao ano durante os próximos cinco anos.

Acordo com a IBM[5] [editar | editar código-fonte]

Em 2014 foi anunciada uma parceria com a IBM Brasil. Agora, a companhia é credenciada como uma das prestadoras de serviços para reparo de notebooks e desktops da marca Positivo para o segmento corporativo, durante o período de garantia de seus equipamentos. Somada à essa iniciativa, a IBM também está oferecendo aos seus clientes serviços de integração com o hardware dos dispositivos da Positivo Informática. Dessa maneira, a companhia passa a ofertar uma solução completa com diversos serviços da IBM, como integração, gerenciamento, implantação de novos sistemas, em conjunto com o fornecimento de desktops, notebooks e tablets da linha Positivo Master.

Aquisição Kennex[6] [editar | editar código-fonte]

Apesar da empresa não realizar muitos investimentos com a compra de empresas concorrentes, em 22 de dezembro de 2009 a Positivo Informática incorpora a Kennex (Boreo Comércio de Equipamentos Ltda) em uma transação de cerca de 5,5 milhões de reais (mais o pagamento de dívidas próximas a 6,5 milhoes de reais) com o intuito de ampliar a linha de equipamentos, visando atender ao público das classes C e D, além de assumir cerca de 1300 pontos de vendas em todo Brasil.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.