Pousio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Pousio (ou poisio entre outro milhões de espec), em agricultura, é nome que se dá ao descanso ou repouso proporcionado às terras cultiváveis, interrompendo-lhe as culturas para tornar o solo mais fértil.[1]

Além desta finalidade, pode ser usado como meio de controle de ervas daninhas, consorciada a outras práticas, como a rotação de culturas.[2]

O pousio aumenta a recuperação da bioestrutura do solo e a profundidade de enraizamento, tendo por consequência o aumento das trocas das substâncias humidificadas e seu reabastecimento, verificado, por exemplo, em solos das regiões tropicais.[3]

A prática é comum entre pequenos agricultores que, após o plantio por três anos sucessivos, deixam a área em pousio por 3 a 5 anos o que, a depender do local, não é suficiente para a recuperação da fertilidade; em tais casos recomenda-se o uso de leguminosas para acelerar a recuperação, pois esta promove a fixação de nitrogênio.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Agricultura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. Dicionário Aurélio, verbete pousio
  2. André Andrés et. al. (mai/ago 2001). Rotação de culturas e pousio do solo na redução do banco de sementes do arroz vermelho em solo de várzea. Revista Brasileira de Agrociência, vol. 7, nº 2, p. 85-88. Página visitada em fevereiro de 2012.
  3. Ana Primavesi. Manejo ecológico do solo: agricultura em regiões tropicais. [S.l.]: Nobel, 1980. p. 91. ISBN 8521300042
  4. Vanda Rodrigues et. al. (s/d). Áreas de pousio enriquecidas enriquecidas com leguminosas em solos de baixa fertilidade em Rondônia - Brasil. Página visitada em fevereiro de 2012.