Power to All Our Friends

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Canção[editar | editar código-fonte]

"Power to All Our Friends" (tradução portuguesa: "Poder/Força a todos os nossos amigos" foi o tema que representou o Reino Unido no Festival Eurovisão da Canção 1973, interpretado em inglês por Cliff Richard. Foi a décima-quinta canção a ser interpretada na noite do evento, a seguir à canção irlandesa "Do I Dream, interpretada por Maxi. No final, Cliff Richard terminou em terceiro, tendo recebido 123 pontos. A canção fora escolhida via correio pelos espetadores britânicos. depois de assistirem às seis canções finalistas. Foi a segunda vez que Cliff Richard participou no Festival Eurovisão da Canção, a primeira fora em 1968 com a canção "Congratulations", onde terminou em segundo lugar.

Autores[editar | editar código-fonte]

  • Letrista: Guy Fletcher, Doug Flett
  • Compositor: Guy Fletcher, Doug Flett
  • Orquestrador: David McKay

Letra[editar | editar código-fonte]

Na canção, pede força a uma série de pessoas e até elementos naturais. Dentre elas temos a música, aos rapazas que tocam música nas suas bandas, à terra, ao Sol, aos nossos amigos e claro à pessoa amada.

Versões[editar | editar código-fonte]

Cliff Richard gravou esta canção em várias línguas: francês: "Il faut chanter la vie", alemão: Gut, dass es Freund gibt" e castelhano: "Todo el poder a los amigos".

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal da Música


Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Reino Unido Power to All Our Friends, canção do Reino Unido no Festival Eurovisão da Canção 1973.