Powerslave

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Powerslave
Álbum de estúdio de Iron Maiden
Lançamento Estados Unidos 3 de setembro de 1984
Gravação Compass Point Studios, Nassau, Bahamas em 1983-Julho de 1984
Gênero(s) Heavy metal
Duração 51:01
Gravadora(s) EMI
Produção Martin Birch
Cronologia de Iron Maiden
Último
Último
Piece of Mind
(1983)
Somewhere in Time
(1986)
Próximo
Próximo
Singles de Powerslave
  1. "2 Minutes to Midnight"
    Lançamento: 6 de agosto de 1984
  2. "Aces High"
    Lançamento: 22 de outubro de 1984
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svg[1]

Powerslave é o quinto álbum de estúdio da banda de heavy metal Iron Maiden, lançado em 3 de setembro de 1984.

História[editar | editar código-fonte]

Tendo Bruce Dickinson no vocal, Adrian Smith e Dave Murray nas guitarras, Steve Harris no baixo e Nicko McBrain na bateria, esse álbum, assim como o The Number of the Beast, é um dos expoentes do Iron Maiden. Marca uma época em que a formação estava muito entrosada e amiga, pois em anos anteriores a batalha de egos entre Steve Harris e Bruce Dickinson deixava sempre uma incerteza sobre a continuação de Bruce na banda.

Gravado nas Bahamas e mixado nos Estados Unidos, o álbum tem sua abertura com "Aces High", uma canção sobre as lutas aéreas na Segunda Guerra Mundial. Logo depois tem "2 Minutes to Midnight", composta por Adrian Smith com letras de Bruce, tratando da constante ameaça de uma guerra nuclear que pairava na época. Logo após, uma canção instrumental ao estilo egípcio do álbum, chamado "Losfer Words (Big' Orra)". Depois as canções "Flash of the Blade", "The Duellists" e "Back in the Village". Segue "Powerslave", composta apenas por Bruce Dickinson e que trata de temas egípcios e como as pessoas podem ficar "escravas do poder". Por fim, a "saga" "Rime of the Ancient Mariner", uma longa canção de treze minutos sobre um homem amaldiçoado por uma sereia da morte. Foi escrita a partir do poema homônimo do poeta romântico inglês do século XVIII, Samuel Taylor Coleridge.

Em 1995 foi relançado com um disco bônus. Em 1998 uma nova edição foi lançada, contendo uma faixa multimídia com os vídeos musicais de "Aces High" e "2 Minutes to Midnight".

Faixas[editar | editar código-fonte]

# Título Compositor(es) Duração
1. "Aces High"   Steve Harris 4:30
2. "2 Minutes to Midnight"   Adrian Smith / Bruce Dickinson 6:02
3. "Losfer Words (Big' Orra)"   Harris 4:13
4. "Flash of the Blade"   Dickinson 4:06
5. "The Duellists"   Harris 6:08
6. "Back in the Village"   Smith / Dickinson 5:03
7. "Powerslave"   Dickinson 6:50
8. "Rime of the Ancient Mariner"   Harris 13:35

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Técnica[editar | editar código-fonte]

  • Martin Birch – produtor e engenheiro
  • Frank Gibson – engenheiro assistente
  • George Marino – masterização
  • Simon Heyworth – remasterização
  • Derek Riggs – capa, design, design da capa, ilustração da capa
  • Rod Smallwood – design, designe da capa
  • Ross Halfin – fotografia
  • Moshe Brakha – fotografia

Certificações[editar | editar código-fonte]

País Certificação Vendas
 Canadá Triple Platinum.png 3× Platina - Music Canada[2] 300.000
 Alemanha Gold.png Ouro - BM[3] 300.000
 Reino Unido Gold.png Ouro - BPI[4] 150.000
 Estados Unidos Triple Platinum.png 3× Platina - RIAA[5] 3.000.000+

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Iron Maiden é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.