Pozoblanco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Espanha Pozoblanco
Pozoblanco
 
—  Município  —
Ayuntamiento de Pozoblanco..jpg
Brasão de armas de Pozoblanco
Brasão de armas
Comunidade autónoma Andaluzia
Província Córdoba
 - Alcaide Baldomero García Carrillo
Área
 - Total 332 km²
Altitude 654 m (2 146 pés)
População (2006)
 - Total 17 219
    • Densidade 51,86/km2 
Gentílico: Tarugo o Pozoalbense
Fuso horário CET (UTC+1)
 - Horário de verão CEST (UTC+2)
Código postal 14400

Pozoblanco é um município da Espanha na província de Córdoba, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 332 km² com população de 17 219 habitantes (2006) e densidade populacional de 50,81 hab/km².[1]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Variação demográfica do município entre 1991 e 2004
1991 1996 2001 2004
15 363 16 042 16 369 16 759

Geografia[editar | editar código-fonte]

É o município com maior número de habitantes da metade norte da província de Córdova, zona formada pelas comarcas de Los Pedroches e do Alto Guadiato, seguida por Peñarroya-Pueblonuevo (do Alto Guadiato) com 12 171 habitantes e Villanueva de Córdoba (dos Pedroches) com 9 719 habitantes.

Pozoblanco é a capital económica e administrativa da comarca do Vale dos Pedroches, segunda comarca da Andaluzia em extensão, tem um hospital comarcal, principal centro sanitário da zona norte da província de Córdova, e é cabeça de partido judiciário.

História[editar | editar código-fonte]

Parece provável que a origem do Pozoblanco, bem como outras povoações dos arredores como Villanueva de Córdoba, fique por volta de meados do século XIV, como consequência da fuga de habitantes do vizinho povo do Pedroche por causa da peste.

Outras hipóteses apontam para que, dado que os habitantes do Pedroche tinham que pastorear em terras cada vez mais afastadas da cidade, em vez de irem cada dia para o povo formavam núcleos miúdos, onde faziam a vida diária, e quando estes núcleos cresceram formaram os vários povos da comarca, entre eles Pozoblanco.

No início os primeiros assentamentos realizaram-se no que hoje é o bairro do "Poço Velho", ao sopé de um outeiro, e à volta de um poço, que segundo a tradição se tornou branco devido às borras das galinhas, sendo essa a origem do nome do povo, que é representada também no brasão municipal.

Ao início Pozoblanco dependeu administrativamente do Pedroche até que, pelo 1478, detém o título de Vila, possivelmente dado pelos Reis Católicos.

À época medieval a história do Pozoblanco cola-se à das chamadas Sete Vilas dos Pedroches (Pedroche, Torremilano, Torrecampo, Pozoblanco, Villanueva de Córdoba, Alcaracejos e Añora) até 1836 em que decorre a ruptura desta comunidade e as terras comunais são repartidas entre estes povos.

Pozoblanco obtém o título de cidade de mãos de Afonso XIII a 22 de abril de 1923.

O gentílico popular de tarugo advém do antigo comércio que as gentes desta cidade realizavam com achas de madeira. Transportavam-nos de camião pelos povos da zona, sendo que assobiavam ao chegar a algum povo para vender a mercadoria. A gente quando os ouvia chegar debruçava-se das janelas para avisar os vizinhos, a gritar: «Já vêm os tarugos!!», a referir-se às achas de madeira. Afinal ficaram com esse gentílico todos os da cidade do Pozoblanco.

Ligação externa[editar | editar código-fonte]

Espanha | Andaluzia | Córdova

Ícone de esboço Este artigo sobre Municípios da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências