Prémio Abel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Prémio Abel (em norueguês: Abelprisen) é um prémio matemático atribuído anualmente pelo Rei da Noruega. Foi instituído em 2002, por ocasião do bicentenário do matemático norueguês Niels Henrik Abel. Tem um valor monetário equivalente a seis milhões de coroas norueguesas (cerca de R$ 1 970 000 ou 800 000€).[1]

O prémio foi inicialmente proposto por Sophus Lie em 1897, devido ao anúncio de que não existiria um prémio Nobel de matemática. A dissolução do Reino da Suécia e Noruega impediu sua instituição na época.

Laureados[editar | editar código-fonte]

Ano N.º Imagem Laureado Instituto Motivo Fonte
2003 1 Serre.JPG Jean-Pierre Serre Collège de France Por seu papel fundamental na representação actual de diversos ramos da matemática; entre outros, topologia, geometria algébrica e teoria dos números.
2004 2 Michael Francis Atiyah.jpg Michael Atiyah Universidade de Edimburgo Pelo desenvolvimento e prova do Teorema do índice de Atiyah-Singer, que conectou topologia, geometria e análise matemática, derrubando barreiras entre matemática e física teórica.
3 Isadore Singer 1977.jpeg Isadore Singer Instituto de Tecnologia de Massachusetts
2005 4 Peter Lax.jpg Peter Lax Universidade de Nova Iorque Por suas contribuições sobre aplicações de equações diferencias parciais e sua solução numérica.
2006 5 Carleson cropped.jpg Lennart Carleson Real Instituto de Tecnologia Por sua contribuição sobre análise harmónica e a teoria de sistemas dinâmicos contínuos.
2007 6 Srinivasa Varadhan.jpg S. R. Srinivasa Varadhan Universidade de Nova Iorque Por sua contribuição à teoria das probabilidades, em especial pela elaboração de uma teoria unificada para grandes desvios.
2008 7 John Griggs Thompson (2008).jpg John Griggs Thompson Universidade da Flórida Por suas contribuições fundamentais à álgebra, especialmente no desenvolvimento da teoria de grupos.
8 Jacques Tits (2008).jpg Jacques Tits Collège de France
2009 9 Mikhaïl Gromov.jpeg Mikhael Gromov Institut des Hautes Études Scientifiques Por suas contribuições revolucionárias à geometria.
2010 10 John Tate.jpg John Tate Universidade do Texas Por suas contribuições na teoria dos números. [2]
2011 11 John Milnor.jpg John Milnor Universidade de Stony Brook Por descobertas pioneiras em topologia, geometria e álgebra. [3]
2012 12 EndreSzemeredi2010C.jpg Endre Szemerédi Instituto de Matemática Alfréd Rényi e Universidade Rutgers Por sua contribuição fundamental à matemática discreta e à ciência da computação teórica, e em reconhecimento a seu profundo e duradouro impacto sobre a teoria aditiva dos números e teoria ergódica. [4]
2013 13 Deligne.jpg Pierre Deligne Instituto de Estudos Avançados de Princeton Pelos seus contributos pioneiros para a geometria algébrica e pelo impacto transformador desses contributos na teoria dos números, na teoria da representação e áreas relacionadas. [5]
2014 14 Yakov G Sinai photo.jpg Yakov Sinai Universidade de Princeton e Instituto Landau de Física Teórica por suas contribuições fundamentais aos sistemas dinâmicos, teoria ergódica e física matemática. [6]


Referências

  1. Om Abelprisen Prémio Abel. Página visitada em 24 de Março de 2011.
  2. O Estado de S. Paulo (25/03/2010). Americano leva o prêmio mais importante da Matemática. Página visitada em 25/03/2010.
  3. Prémio Abel 2011 atribuído a John Milnor Ciência Hoje (23 de Março de 2011). Página visitada em 24 de Março de 2011.
  4. Abelprisvinneren 2012 Sítio oficial. Página visitada em 29 de março de 2013.
  5. Prémio Abel atribuído ao matemático belga Pierre Deligne Publico.pt. Página visitada em 24 de março de 2013.
  6. The Abel Prize Laureate 2014 The Abel Prize. Página visitada em 12 de agosto de 2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]